Reflexões

A sunamita observava o comportamento do homem que passava

FRANCISCO JACOB*

UMA REFLEXÃO MOMENTÂNEA

A sunamita observava o comportamento do homem que passava

(...) E ela disse a seu marido: Eis que tenho observado que este que sempre passa por nós é um santo homem de Deus. (II Reis 4:9)

Quando olhamos atentamente para o livro de II Reis 4:9, percebemos que a mulher sunamita tinha um olhar observador, perspicaz, profundamente analisador e, porque não dizer, crítico, pois bem, conjecturando, penso que ela, a mulher sunamita, tinha a sua casa em um lugar mais alto do que o nível normal da rua onde morava, porque ela tinha visão completa e real de todas as coisas que aconteciam e de todas as pessoas que por ali passavam, e cuidadosamente, atentamente observava uma a uma e todas as coisas que aconteciam à sua frente e ao seu derredor.

Não quero com isto dizer que a mulher ficava à porta da casa a fofocar como uma desocupada, não, até porque a mulher sunamita era uma serva do DEUS vivo, porém, todas as coisas estavam de fácil visão à sua frente cotidianamente ela via.

Quer continuar lendo? Para continuar lendo este artigo baixe os anexos nos links abaixo.Bons estudos.

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - FRANCISCO JACOB FERREIRA

* Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Ministério do Belém - Setor 5 (Osasco/SP) - congregação de Jardim Rochdale I

Copyright © 2003 - 2019 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.