Reflexões

Um abismo intransponível

FRANCISCO JACOB*

UMA REFLEXÃO MOMENTÂNEA

Um abismo intransponível

(...) O rico e o pobre se encontram; a todos o Senhor os fez. (Provérbios 22:2)

Quando falamos na “intransponibilidade” de um abismo, logo nos vem à mente a passagem, ou melhor, a história do rico e do pobre, de Lázaro, o miserável e o rico que abastadamente viva no regalo da vida e nada dava a ninguém e, quando ambos morreram, foram para lados diferentes na eternidade, o rico para um lugar de tormento e o Lázaro, o pobre miserável na vida terrestre, foi para o seio de Abraão e, entre eles, um abismo intransponível. (...) E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio. (Lucas 16:23)

O que eu entendo, olhando pela carnalidade do ser humano, digo, pelos olhos carnais? É que existe um grandíssimo abismo entre um rico e um pobre também em nossos dias. Existe verdadeiramente um abismo intransponível, entre um e outro, como nos tempos em que foi citado por JESUS CRISTO a história contada: (...) E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado. (Lucas 16:22), e hoje, em nossos dias, quando vemos, em todo tempo, uma casta minoritária de pessoas que vivem e sobrevivem nababescamente em função da miséria e desgraça de outros, é para nós a repetição da história do pobre Lázaro e do rico do tempo de JESUS.

[yt_message_box title="Quer continuar lendo?" type="info" close="no" ]Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.[/yt_message_box]

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - FRANCISCO JACOB FERREIRA

* Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Ministério do Belém - Setor 5 (Osasco/SP) - congregação de Jardim Rochdale I

Copyright © 2003 - 2019 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.