Juniores

Juniores Lição 8 - A tentação de Jesus I

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

4º Trimestre de 2021 – CPAD

JUNIORES

Tema: A VIDA DE JESUS

Comentários da revista da CPAD: Daniele Vital

Comentário: Prof.ª Jaciara da Silva

ASSEMBLEIA DE DEUS  MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

 

 

 

 

LIÇÃO 8 - A TENTAÇÃO DE JESUS

 

 

O que é a tentação

A tentação é como uma doença que, desde a queda espiritual de Adão e Eva, vem comprometendo até mesmo os crentes mais santificados.

 

Oriunda do vocábulo latino tentatione, a palavra "tentação" significa: indução, seja externa, seja interna, que impulsiona o ser humano à prática de coisas condenáveis diante de Deus e dos seres humanos.

 

Estímulo que leva à prática do pecado. Embora a tentação, em si, não constitua pecado, o atender às suas reivindicações caracteriza a transgressão das leis divinas. Eis porque, na Oração Dominical, o Senhor Jesus nos ensinou a clamar ao Pai: "E não nos induzas à tentação, mas livra-nos do mal; porque teu é o Reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém!" (Mt 6.13).

 

Quer continuar lendo? Para continuar lendo este artigo baixe os anexos nos links abaixo.Bons estudos.

Fonte: https://proflucasneto.files.wordpress.com/2019/02/notas-de-aula_1t_2019_rev1_adolescentes_lic3a7c3a3o_8_na-atualidade-dos-dons-espirituais.pdf Acesso em 12 maio 2021

Juniores Lição 6 - O primeiro milagre I

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

4º Trimestre de 2021 – CPAD

JUNIORES

Tema: A VIDA DE JESUS

Comentários da revista da CPAD: Daniele Vital

Comentário: Prof.ª Jaciara da Silva

ASSEMBLEIA DE DEUS  MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

 

 

 

 

LIÇÃO 6 - O PRIMEIRO MILAGRE

 

Objetivo

Professor (a) ministre sua aula de forma a conduzir seu alunos (as) a conscientizar-se de que com Jesus em nossa vida sempre há solução para as dificuldades que aparecem.

 

 

Memorizando

“Tenham sempre alegria, unidos com o SENHOR! Repito: tenham alegria." (Fp 4.4).

 

Texto Bíblico: João 2.1-12

 

Jesus transforma água e vinho

Jesus e seus discípulos foram convidados para uma festa de casamento e aceitaram o convite (João 2.1-2). Cristo não era alienado.

 

Quer continuar lendo? Para continuar lendo este artigo baixe os anexos nos links abaixo.Bons estudos.

Fonte: https://proflucasneto.files.wordpress.com/2019/02/notas-de-aula_1t_2019_rev1_adolescentes_lic3a7c3a3o_8_na-atualidade-dos-dons-espirituais.pdf Acesso em 12 maio 2021

Juniores Lição 5 – Jesus entre os doutores I

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

4º Trimestre de 2021 – CPAD

JUNIORES

Tema: A VIDA DE JESUS

Comentários da revista da CPAD: Daniele Vital

Comentário: Prof.ª Jaciara da Silva

ASSEMBLEIA DE DEUS  MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

 

 

 

LIÇÃO 5 – JESUS ENTRE OS DOUTORES

 

 

Objetivo

Professor (a) ministre sua aula de forma a conduzir seu alunos (as) a confiar que Deus é a fonte de toda sabedoria, quem quer ser inteligente deve buscar a Deus.

 

 

Memorizando

“Pois o Senhor é quem dá sabedoria; de sua boca procedem o conhecimento e o discernimento.”. (Pv. 2.6 – NVI).

 

 

Texto Bíblico: Lucas 2.21-52

 

 

Jesus causa admiração aos doutores

As crianças são livres do senso de conveniência e dizem tudo o que passa em suas cabecinhas, até parece que a distancia entre a mente e a boca de uma criança não existe.

 

Jesus foi uma criança igualzinha todas as crianças e, ao mesmo tempo, totalmente diferente de todas. A semelhança fica por conta de uma infância tão comum que nem é relatada na Bíblia. A diferença é que Jesus é Deus e como tal, se incumbiu de tarefas que nem de longe se encarregaria uma criança.

 

Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém, para a festa da Páscoa, como o faziam todos os judeus. A cidade ficava cheia de visitantes e peregrinos que vinham de todas as partes para a comemoração da saída dos hebreus do Egito.

 

Jesus já tinha doze anos, era um pré-adolescente e seguiu com seus pais para Jerusalém. Até aí tudo bem. Acontece que terminados os dias da festa José e Maria regressaram com seus vizinhos e parentes para Nazaré, mas Jesus ficou em Jerusalém. Os pais do menino só se deram conta que Ele havia ficado em Jerusalém depois de um dia de caminhada, quando começaram a procurar o garoto entre seus parentes e ninguém sabia de Jesus.

 

José e Maria voltaram imediatamente a Jerusalém, estavam preocupados, angustiados, afinal, o menino só tinha doze anos e eles pensaram que Jesus estava entre seus companheiros de viagem.

 

A procura por Jesus durou três longos dias, até que seus pais o encontraram num lugar impensável: no templo, sentado entre os doutores da lei, ouvindo-os e fazendo perguntas. Uma cena inusitada. Um garoto de doze anos que não estava brincando nas ruas de Jerusalém, como os outros garotos de Sua idade faziam. Ele estava no Templo e não estava brincando, mas discutindo as Escrituras com os sábios da lei.

 

Todas as pessoas que ouviam Jesus ficavam maravilhadas com Sua inteligência e com as respostas que dava aos doutores, inclusive Seus pais. Maria se aproximou de Jesus e disse: “Filho, por que fizeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu ansiosos te procurávamos.” (Lucas 2:48). 

 

A resposta de Jesus foi de um adulto e não de um menino no auge de seus doze anos, veja: “Por que é que me procuráveis? Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai?” (Lucas 2:49).

 

Nem José e nem Maria entenderam a resposta do garoto.

 

Depois disso Jesus voltou com Seus pais para Nazaré e Maria, apesar de não ter entendido nada, guardava no seu coração todas estas coisas e o texto diz que Jesus era obediente aos Seus pais.

 

Aquele episódio nada teve a ver com desobediência aos pais, era bem maior do que eles podiam imaginar. Jesus é Deus e não perdeu uma boa oportunidade para esclarecer os doutores da lei, que estavam cegos a respeito das Profecias a Seu respeito. Não se sabe se a conversa de Jesus com os escribas no Templo surtiu algum efeito, mas o Reino Espiritual é assim mesmo: entrega-se a mensagem, mas o crescimento da semente cabe unicamente a Deus.

 

É bom lembrar que foram os doutores da lei, os sacerdotes, os fariseus que condenaram à morte o Filho de Deus, porém muitos deles tiveram sua oportunidade de reconhecer em Jesus o seu Messias.

 

 

Aplicação da lição

Enfatize aos alunos (as) que da mesma forma acontece em nossos dias. Não somos nós quem escolhe a quem devemos pregar a Palavra de Deus, nossa missão é pregar o Evangelho a toda criatura, cabendo unicamente ao Senhor fazer prosperar a mensagem de salvação em cada coração. Jesus é um Deus lindo e muito educado, o que Ele espera de você é que abra a porta do seu coração e o convide a entrar em sua vida e mudar o rumo de sua sorte

 

 

Colaboração para Portal Escola Dominical – Prof. Jaciara da Silva

Quer continuar lendo? Para continuar lendo este artigo baixe os anexos nos links abaixo.Bons estudos.

Fonte: https://proflucasneto.files.wordpress.com/2019/02/notas-de-aula_1t_2019_rev1_adolescentes_lic3a7c3a3o_8_na-atualidade-dos-dons-espirituais.pdf Acesso em 12 maio 2021

Juniores Lição 4 – Fugindo para o Egito I

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

4º Trimestre de 2021 – CPAD

JUNIORES

Tema: A VIDA DE JESUS

Comentários da revista da CPAD: Daniele Vital

Comentário: Prof.ª Jaciara da Silva

ASSEMBLEIA DE DEUS  MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

 

 

 

 

LIÇÃO 4 – FUGINDO PARA O EGITO

 

Objetivo

Professor (a) ministre sua aula de forma a conduzir seu alunos (as) a confiar no cuidar e proteção de Deus, pois Ele sempre cuida dos seus, e aos que estão sob sua proteção nenhum mal pode se chegar.

 

Memorizando

“Porque ele me ama, eu o resgatarei; eu o protegerei, pois conhece o meu nome”. (Sl 91.14 – NVI).

  

Para os que temem  (respeitam e obedecem) a Deus, o medo não tem lugar. Sabemos que à Sombra (protegidos) Dele, nada pode nos prejudicar.

 

 

Quer continuar lendo? Para continuar lendo este artigo baixe os anexos nos links abaixo.Bons estudos.

Fonte: https://proflucasneto.files.wordpress.com/2019/02/notas-de-aula_1t_2019_rev1_adolescentes_lic3a7c3a3o_8_na-atualidade-dos-dons-espirituais.pdf Acesso em 12 maio 2021

Copyright © 2003 - 2023 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.