Adultos

Lição 10 - O cativeiro de Israel: o reino do norte III

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SEDE - SÃO PAULO/SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

TERCEIRO TRIMESTRE DE 2021

Adultos - O PLANO DE DEUS PARA ISRAEL EM MEIO À INFIDELIDADE DA NAÇÃO - As correções e os ensinamentos divinos no período dos reis de Israel

COMENTARISTA: CLAITON IVAN POMMERENING

COMENTÁRIO: EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS

LIÇÃO Nº 10 – O CATIVEIRO DE ISRAEL: O REINO DO NORTE

Texto: 1Rs 17.1-14,17-20,29

Introdução: Deus sempre adverte seu povo sobre os perigos da idolatria e suas terríveis consequências.

I – SAMARIA É CERCADA PELO REI DA ASSÍRIA

1. Israel sob o reinado de Jeroboão II

1.1. Neste tempo:

. A nação experimentou prosperidade econômica

. A nação reconquistou território perdidos para a Síria

1.2. Tais resultados foram conquistados através: (2Rs 17.2,29-31)

. Corrupção

. Injustiça social

. Hipocrisia religiosa

. Sincretismo (No sincretismo a verdade de Deus se mistura com a mentira da idolatria)

1.3. Esse período de prosperidade não fizeram o povo retornar para adorar a Deus.

2. A traição do rei Oséias

2.1. O rei da Assíria (Salmanaser V) descobriu que seu vassalo o havia traído (2Rs 17.3,4)

2.2. Salmaneser mandou prender Oséias e sitiou Samaria por três anos (2Rs 17.5)

. Israel não teria mais chance de negociação

. Restava a guerra ou a deportação.

3. A advertência dos profetas

3.1. Na época de Jeroboão II

. Os ricos usurpavam os pobres, deixando-os mais pobres

. Os ricos viviam na extravagância

. Os pobres eram tratados com desprezo

. Os pobres permaneciam na miséria

3.2. Os profetas levaram duras palavras sobre a injustiça do tempo

. Amós (Am 5.6-9)

. Oséias (Os 7.11-14)

3.3. O Todo Poderoso sempre abominou o sincretismo em Israel

. Sincretismo: O povo adorava aos ídolos e ao mesmo tempo adorava a Deus.

. Deus não tolera um coração dividido com outros deuses

. Esses deuses desviam o povo da genuína vontade de Deus

3.4. Amós é usado por Deus para exortar, severamente, o povo de Israel (Am 5.21-27)

II – OS PECADOS DO POVO E SUA QUEDA

1. O terrível pecado da idolatria

1.1. O reino do Norte teve mais inclinação à idolatria do que o reino do sul

1.2. Deus, mesmo vendo o povo em idolatria, quis salvar o povo:

. Oséias casa-se uma prostituta e tem filhos com ela, representando, assim, a nação de Israel (Os 1.2,3)

. Revelava a infidelidade do reino do Norte

. Teve três filhos. Cada filho mostrava a desaprovação divina com o povo de Israel

1.3. Hoje se pode ver o mesmo padrão de vida imoral sempre que o povo de Deus se desvia da genuína dedicação ao Todo-poderoso (Pv 5.3)

2. Outras causas do cativeiro

2.1. Exploração e indiferença com o pobre (Am 4.1; 8.4)

2.2. Os sacerdotes, juntos com os governantes extorquiam o povo (Os 6.9,10)

2.3. Deus jamais se esqueceria das maldades de Israel (Am 8.4-7)

2.4. O pecado sempre traz disciplina, e as consequências do pecado, às vezes são, irreversíveis (ver. Rm 6.23)

3. Fidelidade, um exemplo que enobrece

3.1. Cuidado com a subtração de valores financeiros

3.2. Cuidado com as vantagens pessoais

3.3. Abracemos a fidelidade e a pratiquemos (Pv 3.3,4)

III – OS ESTRANGEIROS OCUPAM SAMARIA

1. A mistura de gente e o sincretismo

1.1. Após o exílio, alguns pobres permaneceram em Samaria e região

1.2. A política da Assíria após levar um povo cativo:

. Os territórios fossem reocupados por outras etnias

. As nacionalidades se misturavam naquele lugar

. Essa mistura tornou o restante do povo de Israel mais sincrético (Ne 13.3; Jr 25.20)

. É por isso que os judeus não se comunicavam com os samaritanos (Jo 4.23,24)

2. Jesus e os samaritanos

2.1. Jesus os contemplou com muito amor

. Ele deu atenção à mulher samaritana (Jo 4.13,14)

. Deu a revelação em relação ao lugar de adoração (Jo 4.13,24)

2.2. Jesus e a parábola do bom samaritano

. Jesus contrasta a religiosidade excessiva dos religiosos judeus com a dos samaritanos (Lc 10.33)

2.3. Jesus quebrou paradigmas de religiosidade com os samaritanos

Conclusão: Não faltou advertência para que Israel abandonasse a idolatria e fosse poupado do cativeiro. O povo não ouviu. Veio o cativeiro como forma de retornar seu povo ao aconchego do amor de Deus. Deus disciplinou Israel através da Sua misericórdia e justiça.
.
.

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS

Copyright © 2003 - 2021 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.