Adultos

Lição 7 - Cristo é a nossa reconciliação com Deus III

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SETOR 31 (ERMELINO MATARAZZO,SÃO PAULO/SP)

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2020

Adultos - A IGREJA ELEITA: redimida pelo sangue de Cristo e selada com o Espírito Santo da promessa

COMENTARISTA: DOUGLAS ROBERTO DE ALMEIDA BAPTISTA

COMENTÁRIO: EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS

LIÇÃO Nº 7 – CRISTO É A NOSSA RECONCILIAÇÃO COM DEUS

Texto: Efésios 2.14-19

Introdução: Ao morrer na Cruz do Calvário, Cristo reconciliou os eleitos desfazendo a inimizade entre Deus e os homens.

I - CRISTO DESFEZ A INIMIZADE ENTRE OS HOMENS

1. A parede de separação entre os homens

1.1. É uma analogia com as muralhas do templo em Jerusalém

. A estrutura da construção revela o exclusivismo religioso do judaísmo

. Entre o santuário e o átrio dos gentios havia um muro de pedra com a proibição de acesso aos estrangeiros

. Paulo foi acusado de permitir que gregos ultrapassassem essa barreira (At 21.28-30)

2. A derrubada da parede da separação

2.1. Em Cristo essa parede foi derrubada (Ef 2.14b)

2.2. Em Cristo temos acesso ao Pai (Ef 2.18)

2.3. Em Cristo temos acesso ao santuário de Deus (Hb 10.19)

3. O conceito da lei dos mandamentos

3.1. Era a lei moral, a lei cerimonial e a lei civil

. Civil: fala sobre um israelita como cidadão

. Moral: fala sobre padrão de conduta. (não é meio de salvação (Ef 2.8,9).

. Cerimonial: São os rituais (Cl 2.11,16). Esses ritos demonstravam a hostilidade judaica contra os gentios.

4. A revogação da lei dos mandamentos

4.1. A eliminação da rivalidade deu-se pela revogação da lei cerimonial (Ef 2.15b)

4.2. Cristo cumpriu a Lei em favor de ambos os povos (Hb 7.27)

. Esse sacrifício subiu como cheiro suave diante de Deus (Ef 5.2)

II - PELA PAZ, CRISTO FEZ UM 'NOVO HOMEM'

1. O conceito bíblico de paz

1.1. O que a paz significa:

. É a descrição de boas relações (At 24.2,3)

. É o fim de um conflito (Lc 14.32)

. É um estado de tranquilidade (1Rs 4.24)

. É uma qualidade espiritual (Gl 5.22)

2. Cristo é o motivo da nossa paz

2.1. A paz é o resultado do sacrifício de Cristo aos homens (Cl 1.20)

. Cristo é a nossa paz (Ef 2.14b)

. Isso implica em 'comunhão espiritual' (Jo 14.23-27)

2.2. Esse 'único povo em Cristo' vive em paz (Ef 2.14b)

3. A nova humanidade formada pela paz

3.1. Em Cristo, as hostilidades não existem mais (Ef 2.15c)

3.2. Em Cristo há uma nova humanidade: A igreja (Cl 3.11)

. As desigualdades foram eliminadas

. A acepção de pessoas desfeita (Rm 2.11)

. A etnia e a classe social desapareceram (Gl 3.28)

III - PELA CRUZ, RECONCILIADOS COM DEUS NUM CORPO

1. Cristo se fez maldição por nós

1.1. A cruz era sinal de maldição (Hb 12.2)

. O réu era açoitado (Mc 15.15)

. O réu era obrigado a carregar a cruz (Jo 19.7)

1.2. Judeus e gentios não entendiam o sacrifício de Cristo na Cruz (1Co 1.23)

1.3. Cristo suportou a cruz e fez-se maldição por nós (Gl 3.13)

2. Reconciliação pela cruz de Cristo

2.1. Em Cristo fomos reconciliados com Deus e com os homens (Cl 1.20)

. Cristo é a nossa paz (Ef 2.14-15,17)

2.2. Em Cristo, pregamos a reconciliação entre Deus e os homens (2Co 5.18-20)

3. Reconciliados na cruz em um corpo (Ef 2.16b)

3.1. Essa reconciliação é entre os homens e Deus

3.2. A ira de Deus sobre nós, foi cravada na Cruz (Cl 2.13,14)

3.3. Essa reconciliação tornou possível sermos 'a família de Deus'(Ef 2.19;3.6;4.4;5.23,30)

Conclusão: Em obediência ao plano divino, Cristo cumpriu as demandas da lei na Cruz. A partir disso, formou um novo povo: a Igreja, o Corpo de Cristo.

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS

Copyright © 2003 - 2020 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.