Primário

Lição 11 - A primeira visita dos anjos

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO NO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2021

Primários: Conhecendo o livro do começo

COMENTARISTA: GISELE GUIMARÃES

COMENTÁRIO: PROF.MATHEUS ARAÚJO DA SILVA

 

LIÇÃO Nº 11 – A PRIMEIRA VISITA DOS ANJOS

Que a paz do Senhor Jesus seja com você, professor/professora!

Nesta lição trataremos a visita dos anjos a Abraão. É possível que um desses anjos fosse Deus em forma de homem – Jesus Cristo, como o conhecemos – e outros dois anjos comuns. Não podemos afirmar este fato, mas é uma possibilidade aceita por muitos.

Para todos os efeitos, Deus quer que aprendamos que Ele tem todo o poder. Todo o poder necessário para qualquer coisa. Ele tem poder e palavra para cumprir o que prometeu. Muito tempo depois Cristo Jesus realça o que Deus já tinha dito. Leia Mateus 19.26: “A Deus tudo é possível”.

Nem sempre é fácil confiar em promessas que não sabemos como nem quando chegaram. Aliás, é muito difícil esperar, e frequentemente tentamos um “plano B”. Mas Deus quer que façamos algo simples: confiar no tempo dEle e amá-lo. De resto, Ele tudo fará. Confie no Senhor e louve-o mesmo que uma resposta demore.

Deixarei um salmo que tem valor particular e especial para mim, que sempre serviu de incentivo. É o Salmo 40.

“Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.

Tirou-me dum lago horrível, dum charco de lodo, pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos.

E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus; muitos o verão, e temerão, e confiarão no Senhor.

Objetivo

Que suas crianças sejam capazes de confiar em Deus e em Sua Palavra, pois tudo o que ELE diz é verdade e toda promessa proferida pela Sua boca se cumprirá.

Ponto Central

Para Deus nada é impossível.

Memória em ação

“Será que para o Senhor há alguma coisa impossível? (Gênesis 18.14)”

Repita este versículo com os alunos e depois faça com que repitam em grupos: quem está de vermelho, azul, quem sua óculos, quem está de jeans etc.

Explorando a Bíblia

“Num dia bem quente, Abraão estava sentado à sombra junta à porta de sua tenda e olhando para o vale que se estendia diante dele. De repente, percebeu três homens caminhando na estrada que passava ali perto.

De um salto, Abrão colocou-se de pé e correu ao encontro deles.

-Por favor, descansem um pouco na minha tenda - convidou Abraão. – Eu lhes darei água e algum alimento. Vocês podem sentar-se à sombra das arvores, e descansar um pouco.

- Está bem, nós aceitamos – concordaram os homens. – Faça o que você disse.

Assim, eles tomaram aquela direção e descansaram à sombra das arvores. Abraão correu e entrou em sua tenda.

- Sara – disse à sua esposa – temos visitas. – Por favor, asse uns pães para ele.

Enquanto eles comiam, Abraão ficou observando à sombra de uma árvore próxima. Sara permaneceu dentro da tenda, num local em que podia ouvir a conversa dos homens.

- onde está Sara, sua esposa? – Perguntou um dos convidados.

- Está na tenda – respondeu Abraão.

- No ano que vem, por esta época, ela terá um filho – disse o convidado.

Dentro da tenda, Sara deu uma risadinha. Imagine só, ela tendo um filho naquela idade!

Um dos anjos franziu a testa.

- Por que Sara riu? – perguntou o estranho. – “Havia alguma coisa difícil de mais ao Senhor?”

Àquela altura, tanto Abraão quanto Sara entenderam que aquele convidado era o próprio senhor.

Quando os convidados de Abraão acabaram de comer e levantaram para ir embora, Abraão, como de costume, caminhou um pouco com eles até sair da sombra das arvores. O Senhor parou para conversar com Abraão enquanto os outros continuam seu caminho.

- Tenho ouvido a respeito da maldade de Sodoma – disse o Senhor – e vim ver por mim mesmo.

Oh, não! Abraão conhecia a maldade de cidade de Sodoma. Lembrou-se de Ló e de sua família, que moravam lá. Abraão amava a família de seu sobrinho. Abraão se preocupou com todo o povo de Sodoma. Muitos deles ainda não conheciam a Deus.

- Senhor – Disse Abraão – vai destruir as pessoas boas de Sodoma Juntamente com as pessoas más? Suponha que haja cinquenta pessoas boas em Sodoma. O Senhor destruiria a cidade?

- Se Eu achar cinquenta justos (pessoas boas) em Sodoma, Eu não a destruirei – respondeu Jesus.

Abraão pensou mais um pouco. Seu coração bondoso o levou-o a perguntar mais uma vez:

- E se houver apenas quarenta e cinco pessoas boas?

- Se houver quarenta e cinco pessoas boas, eu não destruirei Sodoma.

Abraão ainda não estava satisfeito.

- E se houver apenas quarenta pessoas boas?

- Eu não destruirei se houver ali quarenta pessoas boas – disse o senhor.

- Mas, se houver apenas trinta? – Perguntou Abraão mais uma vez.

Nem se houver trinta – disse o senhor.

Mas, Senhor, e se houver apenas vinte pessoas boas? – insistiu Abraão.

- Ainda que houver apenas vinte pessoas boas ali, Eu não destruirei a cidade – assegurou o Senhor.

- Não fique irado comigo, Senhor, mas permita-me perguntar mais uma vez. O senhor pouparia a cidade se houver ali apenas dez pessoas boas? – implorou Abraão.

- Por amor de dez justos Eu não destruirei a cidade – respondeu Jesus.

Então, o Senhor continuou Seu caminho para Sodoma, e Abraão voltou para sua tenda. Ele estava satisfeito por ter feito tudo que podia para interceder por Sodoma.”

http://www.historiasbiblicas.advir.com/historiasbiblicassitearquivos/7-10/pr_abraao_recebe_anjos.htm

Oficina Criativa

Deixe que façam uma pintura em folhas de sulfite ou cartolinas!

Colaboração para o Portal Escola Dominical - Profª. Jaciara da Silva

Copyright © 2003 - 2021 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.