Juniores

Lição 1 - Livres do Egito

ASSEMBLEIA DE DEUS – MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO-SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2019

Juniores - Vitórias do povo de Deus

COMENTARISTA: CRISTIANE ALVES

COMENTÁRIO: PROF.ª JACIARA DA SILVA

LIÇÃO Nº 1 – LIVRES DO EGITO

Ao Mestre

Prezado (a) neste trimestre estaremos estudando a respeito das lutas e vitórias do povo de Deus. Em várias ocasiões, Israel foi cercado por inimigos. Precisou lutar muito para conquistar a terra que o próprio Deus lhes dera.

Que a cada lição possamos enfatizar aos pequenos que apesar de que nesse mundo tenhamos problemas e dificuldades, com determinação, fé em Deus e dedicação podemos alcançar grandes vitórias.

Deus continue abençoando seu ministério!

Objetivo

Professor (a) ministre sua aula de forma a conscientizar seus alunos de que devemos sempre confiar em Deus, independente das circunstancias, ELE sempre nos dá um escape. ELE é o Todo-Poderoso.

Memorizando

“Jesus olhou para eles e respondeu: "Para o homem é impossível, mas para Deus todas as coisas são possíveis”. (Mt 19.26 – NVI).

Deus é o criador Supremo de todo o universo. Tudo o que vemos, apalpamos sentimos, foi criado por ELE. Nada há impossível para o SENHOR.

Texto Bíblico: Ex. 14.1-31.

A escravidão no Egito

O povo de Deus era escravo no Egito, e Moisésé chamado por Deus para ser o líder dos eventos da libertação. É interessante frisar que o vocábulo grego Êxodo = “saída”.

Observe que Moisés foi o líder, mas Deus foi o condutor de cada evento, mostrando Sua soberania sobre a história. Mesmo a oposição de Faraó (o homem com maior poder na terra na época) não impediu o agir de Deus.

Moisés e seu irmão Arão dirigem-se ao Faraó, mas este mostra desprezo pelo Todo-Poderoso. “Depois disso Moisés e Arão foram falar com o faraó e disseram: "Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: ‘Deixe o meu povo ir para celebrar-me uma festa no deserto’ ". O faraó respondeu: "Quem é o Senhor, para que eu lhe obedeça e deixe Israel sair? Não conheço o Senhor, e não deixarei Israel sair". (Êx 5.1-2).

Além de não deixar o povo hebreu ir, faraó aumentou as cargas de trabalho. “No mesmo dia o faraó deu a seguinte ordem aos feitores e capatazes responsáveis pelo povo: "Não forneçam mais palha ao povo para fazer tijolos, como faziam antes. Eles que tratem de ajuntar palha! Mas exijam que continuem a fazer a mesma quantidade de tijolos; não reduzam a cota. São preguiçosos, e por isso estão clamando: ‘Iremos oferecer sacrifícios ao nosso Deus”. (Ex 5.6-8).

Mas de Deus não se zomba, agora o Egito sofreria as consequências de seu líder opor-se à vontade do Senhor Todo-Poderoso. Iniciam-se as 10 pragas:

1. Águas tornam-se sangue - Ex 7.19

2. Invasão de rãs - Ex 8.5-6

3. Piolhos - Ex 8.16

4. Enxames de moscas - Ex 8.24

5. Peste sobre os animais - Ex 9.3-4

6. Úlceras - Ex 9.8-9

7. Fogo e pedras - Ex 9.22-25

8. Invasão de gafanhotos - Ex 10.12,15

9. Trevas sobre o Egito - Ex 10.21-22

10. Morte dos primogênitos - Ex 11.4-5.

Porém, em todas estas pragas Deus poupava Seu povo.

O que os israelitas deveriam fazer para se proteger da 10ª praga? Deveria matar um cordeiro e aspergir seu sangue nos umbrais das portas de cada residência (Ex 12.3,7,13). Estas ações são símbolo do sacrifício de Cristo (sangue derramado), que nos redime para a vida eterna.

Faraó, ao permitir que seu coração endurecesse à vontade de Deus, trouxe humilhação e morte ao seu povo. Um coração obstinado é a pior coisa que pode acontecer, pois impede de crermos no que fatalmente irá ocorrer, por força da determinação do que Deus planejou. Finalmente, o faraó aceita as evidências do agir de Deus e permite ao povo de Israel que saia do Egito.

Porem, quando o povo estava chegando ao mar Vermelho, Faraó se encheu de raiva e com seu exercício perseguiu o povo. Mas Deus ordenou a Moisés que levantasse seu cajado, e um forte vento soprou e o Mar foi se abrindo como se fossem cortinas, ficando um caminho em seco. Assim o povo começou a atravessar.

Faraó e seu exercito ao ver isso, ao invés de temerem a Deus, entraram atrás do povo. Assim que o ultimo israelita saiu, Deus ordena a Moises que novamente levante seu cajado. Quando Moisés fez isso, as muralhas de água voltaram e cobriram os egípcios e seus carros. Todo o exército havia ido atrás dos israelitas para dentro do mar. Nenhum dos egípcios escapou com vida!

Aplicação da Lição

Enfatize aos pequenos que Deus sempre cuida das pessoas que confiam Nele e obedecem Sua Palavra. Nessa lição vimos que as águas que eram ameaça para os egípcios, eram segurança e escape para os israelitas. É assim que Deus faz, sempre dá segurança a todos os que seguem Seu Caminho.

Fontes Consultadas:

BÍBLIA. Português. Bíblia Shedd. Tradução João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada. São Paulo, Edições Vida Nova, 1ª Edição, 1889.

BÍBLIA. Português. Nova Versão Internacional. São Paulo, Editora Geográfica, 9ª Edição, 2001.

HARRIS, R. Laird; JR, Gleason L. Archer; WALTKE, Bruce K.Dicionário Internacional de Teologia do Antigo Testamento. São Paulo, Edições Vida Nova, 1ª Edição 1989, Reimpressão 2008.

ELWELL, Walter A. Enciclopédia Histórico-Teológica da Igreja Cristã. São Paulo, Reimpressão em 1 volume, 2009.

Colaboração para Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva.

Copyright © 2003 - 2019 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.