Jovens

Lição 2 - Abraão : a vida de oração de um homem de fé I

ASSEMBLEIA DE DEUS - SETOR 38(MÁRIO LIRA I)/NATAL-RN

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2021

Jovens - Tema: ENSINA-NOS A ORAR: exemplos de pessoas e orações de marcaram as Escrituras

Comentarista: MARCOS TEDESCO

COMENTÁRIO: PROFª,. SULAMITA MACEDO

LIÇÃO 2 - ABRAÃO, A VIDA DE ORAÇÃO DE UM HOMEM DE FÉ

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

- Cumprimentem os alunos.

- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

- Perguntem como passaram a semana.

- Escutem atentamente o que eles falam.

- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.

3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).

Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:

- Apresentem o título da lição, escrevendo no quadro: Abraão: A vida de oração de um homem de fé.

- Introduzam o estudo, aplicando a dinâmica “Abraão, o intercessor”.

- Trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa e contextualizada.

Vocês já sabem que a aula expositiva ou Preleção é um método que está centralizado na oralidade por parte do professor. Entretanto, esta unilateralidade da exposição não é boa, tendo em vista que somente o professor fala e os alunos escutam, escutam, escutam... tendem a se dispersar e a aprendizagem fica comprometida.

Por isso, recomendo que vocês, busquem a participação dos alunos nas aulas.

Para isso é importante que você apresente estratégias que estimule a participação dos alunos, valorize o conteúdo, reforce as aplicações e facilite a aprendizagem. Portanto, para não perder de vista o alvo da lição, use a criatividade, apresente domínio da matéria e observe se os alunos estão entendendo o assunto. Só assim você saberá adaptar as sugestões apresentadas aqui.

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Abraão, o intercessor

Objetivos:

Introduzir o estudo sobre Abraão – o intercessor.

Exercitar a oração intercessória.

Promover integração do grupo.

Material:

Bíblia

01 quadro ou 01 cartolina

01 marcador para quadro branco ou um pincel atômico

01 bexiga balão de aniversário)

¼ da folha de papel ofício

01 caneta para cada aluno

Procedimento:

- Peçam para que os alunos abram a Bíblia em Gênesis 18. 20 ao 33.

- Falem: Vamos ler estes 13 versículos com o objetivo de responder as perguntas abaixo, que devem estar escritas num quadro ou numa cartolina:

Quem intercedia?

Por quem intercedia?

Qual o motivo da intercessão?

Qual o resultado?

Em seguida, estimulem os alunos a responderem quais características deste intercessor(Abraão) podemos extrair do texto lido.

Anotem as respostas dos alunos no quadro.

- Depois, perguntem:

Temos intercedido? Quais características do intercessor analisado temos ou precisamos cultivar?

- Em seguida, entreguem 01 bexiga vazia e ¼ da folha de papel ofício para cada aluno.

- Peçam para que eles escrevam um pedido de oração no papel fornecido por vocês e coloquem-no dentro da bexiga e encham-na. Não se esqueçam de pedir para que os alunos se identifiquem tanto no pedido de oração como também na bola.

- Solicitem que fiquem em círculo e oriente-os para que joguem as bolas para cima, não deixando que caiam, durante aproximadamente 30 segundos ou mais.

- Ao término do tempo estabelecido, orientem para que cada aluno pegue uma bola que não seja a sua e jogue-a para cima, não deixando que caia, durante 30 segundos. Quando terminar esse tempo, falem que este momento representa o cuidado, a atenção, esforço e a persistência que devemos ter quando intercedemos por alguém.

- Agora, cada aluno deverá estar com uma bola, que não é a sua, e estourá-la, pegar o pedido do colega e orar por ele durante a semana.

- Finalizem, lendo:

“...Orai uns pelos outros... a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos”(Tg 5.16).

“Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos”(Efésios 6:18).

“Sempre damos graças a Deus por vós todos, fazendo menção de vós em nossas orações, lembrando-nos sem cessar da obra da vossa fé, do trabalho do amor, e da paciência da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo, diante de nosso Deus e Pai”(1 Tessalonicenses 1:2,3).

Por Sulamita Macedo.

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com/2021/01/jovens-ensina-nos-orar-exemplosde.html Acesso em 05 jan. 2021

Copyright © 2003 - 2021 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.