Jovens e Adultos Betel

Lição 2 - Jovens e Adultos - Betel - O Espírito Santo no evangelho de Lucas I

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO MADUREIRA - SAMAMBAIA SUL/DF

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

TERCEIRO TRIMESTRE DE 2019

Jovens e Adultos - Betel - LUCAS: Uma exposição bíblica e cristocêntrica do Evangelho, da misericórdia e do amor de Deus pela humanidade, através da vida e obra de Jesus, o Filho do homem.

COMENTARISTA: SÉRGIO NASCIMENTO DA COSTA

COMENTÁRIO: PB. ERIC AZEVEDO

LIÇÃO Nº 2 - O ESPÍRITO SANTO NO EVANGELHO DE LUCAS

...

INTRODUÇÃO

Nesta lição veremos a ação divina e a ativa participação do Espírito Santo de forma sobrenatural na vida humana do Verbo que se fez carne e habitando no meio do seu povo deixou um rastro inapagável ao qual devemos seguir.

1. NASCIMENTO E INFÂNCIA DE JESUS

Neste tópico a lição aborda a concepção sobrenatural, o cumprimento das profecias onde Jesus nasceria, e, o seu crescimento espiritual.

1.1 Sua concepção sobrenatural

Se já é difícil de acreditar que uma virgem ficou grávida sem ter relação (Lc 1.34), quanto mais acreditar que um Deus supremo criou os céus e a terra (Gn 1.1). Nossa mente não pode alcançar a grandeza de Deus (Rm 11.33-34). Não devemos duvidar, pois nosso Deus é especialista no impossível (Lc 1.37). Maria que pelo anjo foi visitado pôde contemplar a graça de Deus em sua vida, mesmo que a princípio houve certa dúvida (Lc 1.34), após o diálogo em que o anjo explicou como seria isso (Lc 1.35), Maria na sua obediência e fidelidade respondeu ao anjo com alegria e honra (1.38). E é assim que todo crente deve agir diante da palavra do Senhor, alguns estudiosos dizem que Maria tinha entre 12 e 15 anos de idade, naquela cultura as noivas eram encomendadas logo quando se tornavam férteis. E no relato de Lucas vemos como Maria era uma jovem corajosa, pois era uma situação difícil de enfrentar, imagine uma jovem grávida, grávida não de José, mas do Espírito Santo, como explicar isso? Ela estava condenada à morte, pois o adultério a levaria a ser apedrejada. Mas nós conhecemos o restante da história, e nesse exato momento você está lendo essa lição, pela mesma graça que Maria recebera naquele dia (Lc 1.28). Aleluias!

1.2 Seu nascimento

Da concepção ao nascimento sabemos que tudo foi através da ação do Espírito Santo, desde a profecia (Mq 5.2) que dizia onde o salvador nasceria até quando ele foi apresentado no templo e um certo Simeão, homem que o Espirito estava sobre ele (Lc 2.25) e que através do Espírito ele sabia que não morreria antes de ver o Messias (Lc 2.26). Deus no seu imenso poder agindo, quem impedirá? (Is 43.13). Então surge um decreto que obriga todos os nascidos em suas respectivas cidades que fossem se alistar (Lc 2.1), e, José e Maria eram descendentes da casa de Davi nascidos em Belém. José e Maria viajaram uma grande jornada de aproximadamente 122 km, distância de Nazaré, na Galileia até Belém, na Judeia. Nesse tempo Maria já estava grávida, e, mesmo com tanta dificuldade vemos que os dois foram obedientes às ordens dadas pelas autoridades superiores (Rm 13.1-2), pois naquela época quem governava era César Augusto, governador de Roma. O decreto veio de uma distância aproximada de 2.250 km, distância entre Roma até a Galileia. Deus na sua perfeita sabedoria calculou tudo, e tudo se cumpriu conforme profetizado à aproximadamente 750 a.C. pelo profeta Miqueias. Juanribe Pagliarin em seu livro O ENVAGELHO REUNIDO disse: "As peças que Deus moveu para que Jesus nascesse em Belém, e não em outra cidade, realmente dão o que pensar sobre o Seu extraordinário Poder para controlar tudo e cumprir a Sua vontade, planejada muito tempo antes".

[yt_message_box title="Quer continuar lendo?" type="info" close="no" ]Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.[/yt_message_box]

Fonte: http://www.ebd316.com.br/2019/07/o-espirito-santo-no-evangelho-de-lucas.html Acesso em 09 jul. 2019

Copyright © 2003 - 2019 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.