Jardim, Maternal e Berçario

Lição 4 - Jardim de Infância - O nascimento do meu amigo

p>ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO NO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2021

Jardim de Infância: O meu amigo Jesus

COMENTARISTA: DANIELE PEREIRA

COMENTÁRIO: PROFª. JACIARA DA SILVA

LIÇÃO Nº 4 – O NASCIMENTO DO MEU AMIGO

Texto Bíblico: Lucas 2.1-7

Objetivo

Ministre sua aula de forma a conduzir os pequenos a aprender como se deu o nascimento de Jesus, nosso Salvador.

A palavra é..

JESUS

Explique aos pequenos que o nome Jesus é a forma grega, que significa “O Senhor é a salvação”.

O próprio nome de Jesus ao ser mencionado, já se fazia entender que Dele procede salvação para toda humanidade.

Por isso, foi profetizado por um profeta chamado Isaias, que seu nome seria Emanuel que significa “Deus conosco”. A profecia dizia respeito a uma crianças que nasceria de forma singular. Quando Jesus nasceu, de fato, Deus “se fez carne e habitou entre nós” (Jo. 1.14)

Além da dica da revista de mestre de confeccionar a figura de uma lâmpada e escrever Jesus.

Estou colocando uma figura de uma nuvem com o nome Jesus. É uma figura simples, pode-se recortar mais rente e usar.

Aprendendo a Bíblia

“... Deus nos mandou um menino que será o nosso rei.” (Is. 9.6 – NTLH)

Como mencionamos na lição anterior, devemos ensinar a memorização de versículos para que a criança aprenda e acostume-se a usar a Palavra de Deus

Deixarei alguns desenhos que você poderá usar para montar o cartaz sugerido pela revista de mestre.

História Bíblica

Crianças, em toda a Bíblia, lemos os profetas de Deus, falando a respeito do nascimento dessa criancinha tão esperada, Aquele que seria chamado de filho de Deus:

- Falaram que Ele nasceria de uma virgem;

- Falaram que Ele seria descendente de Davi e que nasceria em Belém, cidade do rei Davi.

- Falaram que seria chamado de filho de Deus e que salvaria a humanidade de seus pecados

E naqueles dias, o povo de Israel estava sendo governado pelos romanos, então o imperador Cesar Augusto decidiu contar quantas pessoas havia em Israel, para isso deu uma ordem que todos deviam ir para a cidade onde nascera para lá ser contado. E assim José e Maria, que moravam em Nazaré, começaram a arrumar as coisas para viajarem para Belém, cidade onde José havia nascido. Assim que tudo estava pronto, iniciaram a viagem.

José e Maria viajaram, um, dois, três, quatro dias. Naquele tempo não tinha carro, nem ônibus, então tudo o que tinham era um jumentinho, para que quando Maria de cansasse, viajasse sobre ele. Após muito cansaço, finalmente chegaram em Belém.

Mas a cidade estava cheia de gente. Eram muitas pessoas que tinham vindo escrever seu nome para o censo (explicar que censo é o conjunto de dados a respeito da população de um lugar (p.ex., número de habitantes, atividades econômicas, composição familiar, etc.).

Jose procurou por muito tempo, de um lado para outro da cidade um lugar para eles ficarem, mas todas as casas e hospedarias estavam ocupadas. José ficou muito preocupado, pois Maria estava já para ganhar o nenezinho tão esperado por toda humanidade.

Após muito andar, ofereceram a José a estrebaria (local onde se abrigam animais; estábulo). Ali não havia nem uma cama, mas havia muito capim macio. Jose então ajeitou um bom lugar e eles foram descansar.

Naquela noite nasceu a criancinha que deus havia prometido. José rapidamente teve uma idéia, fez da manjedoura (tabuleiro, ou, um tipo de bacia de madeira em que se deposita comida para vacas, cavalos etc. em estábulos) um berço, forrou a manjedoura com capim, Maria estendeu um cobertor e ali deitou o seu nenezinho, o Salvador prometido. Maria e Jose agradeceram a Deus por sua bondade para com todas as pessoas.

Naquele momento, uns pastores estavam no campo apascentando suas ovelhas (na época de verão, os pastores apascentavam o rebanho a noite devido às altas temperaturas durante o dia na Palestina), de repente uma luz bem forte brilhou no céu, e um anjo apareceu e lhes falou:

“Não tenham medo! Estou aqui a fim de trazer uma boa notícia para vocês, e ela será motivo de grande alegria também para todo o povo! Hoje mesmo, na cidade de Davi, nasceu o Salvador de vocês - o Messias, o Senhor! Esta será a prova: vocês encontrarão uma criancinha enrolada em panos e deitada numa manjedoura.” (Lc 2.10-12 – NTHL).

Os pastores estavam espantados, e naquele instante o céu ficou cheio de anjos, que alegres cantaram: "Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens aos quais ele concede o seu favor". (Lc 2.14)

Assim que os anjos voltaram para o céu, os pastores, correram até a cidade, e encontraram o nenezinho envolto em pano e deitado na manjedoura como o anjo havia dito. Eles então se ajoelharam e adoraram a criancinha, e agradeceram a Deus pelo nascimento do Salvador.

E voltaram para o campo louvando a Deus, que sempre cumpri Suas promessas.

Fontes consultadas:

• Bíblia Shedd – Editora Mundo Cristão – 2ª Edição

• Bíblia Ilustrada Infantil – Editora Geográfica – Redatora Elvira Moraes Lustosa – São Paulo /SP, 2000

Colaboração para o Portal Escola Dominical: Profª. Jaciara da Silva

Copyright © 2003 - 2021 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.