Jardim, Maternal e Berçario

Lição 10 - Jardim de Infância - Na casa do meu amigo eu tenho amigos

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO NO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2021

Jardim da Infância: A casa do meu amigo

COMENTARISTA: VERÔNICA DE OLIVEIRA

COMENTÁRIO: PROFª. JACIARA DA SILVA

LIÇÃO Nº 10 – NA CASA DO MEU AMIGO EU TENHO AMIGOS

Texto Bíblico: Rt 1.1-16; 2.1-4

Objetivo

Professor (a) ministre sua aula de forma a conduzir os pequenos a aprender a valorizar as amizades, compreendendo a importância de se ter amigos.

Memória em ação

“O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade.

Provérbios 17:17” (Pv 17.17 – NVI)

Explorando a Bíblia

Em Belém de Judá vivia uma família boa. Elimeleque, sua esposa Noemi e seus dois filhos, Malom e Quiliom, mas houve uma grande seca e não havia mais comida, então saíram a peregrinar e foram morar nas campinas de Moabe.

Depois de um tempo Elimeleque morreu, e Noemi ficou com seus dois filhos. Seus filhos se casaram, mas após cerca de dez anos seus filhos também morreram. Que tristeza para aquela mulher, viúva e agora havia perdido também seus filhos. Noemi tinham agora apenas as esposas de seus filhos para lhe fazer companhia, seus nomes eram Orfa e Rute.

Noemi chamou as esposas de seus filhos e lhes disse: "Eu vou voltar para onde eu morava, onde esta meu povo, e eu gostaria que vocês também voltassem para as suas famílias.” As mulheres choravam e se abraçavam, porque elas eram boas amigas. Orfa não quis deixar de Noemi, mas Noemi lhe disse que não se preocupasse, pois ela ficaria bem.

Então Orfa voltou para sua família. Mas não importava o que Noemi dissesse a Rute, Rute não a deixaria. Rute falou a Noemi: "Não me peça para sair. Aonde você for eu irei, e onde você ficar, eu vou ficar. Seus amigos serão meus amigos e teu Deus será meu Deus". Então, Rute e Noemi retornaram juntos para Belém.

Foi uma coisa boa Rute ter ido com Noemi, pois Belém era muito longe e Noemi já não podia viajar sozinha, pois já era de idade, e o caminho era longo. Mas Rute não se queixava, pois amava sua sogra Noemi. Ela não esperava nada em troca, ela só queria ajudar. Quando eles chegaram lá Rute decidiu que ela deveria fazer algum tipo de trabalho.

Era época da colheita, e ela trabalhou atrás dos colhedores e pegava a cevada que tinham caído, o que sobrava. O proprietário do campo apareceu para saudar os colhedores e notou Rute no campo. Ele perguntou a um dos colhedores quem ela era. "Ela voltou de Moabe com Noemi, isso é tudo que eu sei, ela pediu-me para recolher o que caísse e está a colher desde a manhã" O bom para Rute é que o dono do campo, Boaz, era um homem amável, que acreditava em Deus. Ele também era parente do marido de Noemi, que morreu, Elimeleque.

Boaz foi falar com Rute, ele disse a ela: "Não vá trabalhar em qualquer outro campo, fique aqui; porém aqui ficarás com as minhas moças.” “Os teus olhos estarão atentos no campo que segarem, e irás após elas; não dei ordem aos moços, que não te molestem? Tendo tu sede, vai aos vasos, e bebe do que os moços tirarem.” Quando Rute ouviu isso, ela inclinou-se para Boaz e perguntou: "Por que você está sendo tão bom para mim, você não me conhece." Boaz respondeu: "Eu sei o que você fez por Noemi, deixou sua família e se mudou para um lugar onde nunca esteve. Que o Senhor recompense você por sua bondade." Rute agradeceu a Boaz, e continuou com seu trabalho no sol quente. Boaz ordenou aos seus trabalhadores que deixasse cair alguns punhados, e deixai-os ficar, para que os colha, e não a repreendais. E Rute colheu por toda a tarde, e voltou a cidade e encontrou-se com sua sopgra Noemi e tiveram o que coumer ate fartar-se.

Noemi ficou admirada e perguntou-lhe onde tinha trabalhado, e ela lhe contou sobre Boaz. E Noemi alegrou-se e disse que eles eram parentes, e gostou do que Boaz propos dela trabalhar junto às moças. Assim, Rute ajuntou-se com as moças de Boaz, para colher até que a sega das cevadas e dos trigos se acabou; e ficou com a sua sogra. E Deus cuidou de Noemi e de Rute, e Boaz comprou as terras que era de Elimeleque e Boaz casou-se com Rute. E tiveram um filho e chamou de Obede. E Este é o pai de Jessé, pai de Davi.

Aplicação da lição

Enfatize aos pequenos que esta história Bíblica nos mostra que Rute foi boa para com Noemi, preocupou-se com ela como uma boa amiga e Deus a recompensou, deu-lhe um bom marido e ela continuou a cuidar de Noemi. E Deus honrou a Rute pois de sua origem veio o Rei Davi. Na história do povo de Israel ficou o registro da temente mulher, Rute, que honrou sua sogra e amou a seu povo, tornou-se participante do Centro da História de Israel. Você também, criança pode estar no Centro da História, marcar a sua geração, amando a sua geração e tornado-se uma exemplo, assim como Rute foi para seu povo. Que Deus lhes abençoe!

Oficina criativa

Imprimir o desenho abaixo para os pequenos fazer a atividade

ou, se preferir, copie o link abaixo e cole no navegador

http://1.bp.blogspot.com/-M6zw8-ZrMTs/UJBBFCjJFYI/AAAAAAAAJpg/52P9g5YAgBY/s1600/Noemi+e+Rute+-+amizade+cart%C3%A3ozinho.jpg

Fontes Consultadas:

• Bíblia NTLH – SBB

• Curso para Professor de EBD - Faculdade de Teologia e Ciências Humanas IBETEL – Pr. Vicente de Paula Leite

• 53 Histórias de Jesus – Geográfica Editora

• Bíblia Ilustrada Infantil – Editora Geográfica – Edição 2000.

Colaboração para o Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva

Copyright © 2003 - 2021 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.