Jardim, Maternal e Berçario

Lição 9 - Maternal - Papai do céu me dá saúde

CASA PUBLICADORA DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2021

Maternal - Vamos confiar?

COMENTARISTA: LUCIANA GABY

COMENTÁRIO: PROF.ª TELMA BUENO

LIÇÃO Nº 9 – PAPAI DO CÉU ME DÁ SAÚDE

Objetivo da lição: Que a criança compreenda que o Papai do Céu é poderoso e pode curar.

Para guardar no coração: “O Senhor [...] cura todas as minhas doenças.” (Sl 103.3)

É hora de preparar-se

“Você reparou nos dois jovens que figuram na história da cura de Naamã? Um deles é Geazi, o ajudante de Eliseu; a outra é a escrava da esposa de Naamã. Ambos igualmente jovens e pertencentes ao povo de Deus. Ele tivera o privilégio de continuar vivendo a terra de Israel, e servir, livremente, ao santo homem de Deus. Ela fora arrancada de seu lar, levada cativa a uma nação inimiga, e servia, em regime de escravidão, a uma senhora pagã, adoradora de Rimom.

Seria de se esperar que Geazi aprendesse as virtudes de seu senhor Eliseu, e recebesse porção dobrada do seu espírito, para continuar a sua obra, como sucedera a Eliseu, que antes servia a Elias. E todos estariam prontos a justificar a jovem escrava, se ela se tornasse uma pessoa amarga e egoísta, a ponto de regozijar-se com a doença do patrão. No entanto, como tudo foi diferente! A escrava hebréia conservou a fé no Deus de Israel, e manteve puro o coração, e reto, o espírito. Por isso foi capaz de perceber o propósito de Deus ao permitir que fosse levada como escrava e, fiel a Ele, anunciou o seu poder curador. Porque ela se dispôs a ser usada por Deus onde Ele a estabelecera, o general sírio não apenas obteve a cura, como converteu-se ao Deus vivo.

Geazi, que tivera sempre a santa influência do profeta, e vivia em condições favoráveis às virtudes, revelou um coração duro e apegado às coisas materiais. Teve a pretensão de barganhar com as coisas de Deus, e não se envergonhou de mentir para obter proveito pessoal. Certamente que Geazi fechara, havia muito, o coração, não permitindo que o convívio com a luz produzisse nele vida para a vida. Então o resultado foi morte para a morte.

Como canta um hino da harpa Cristã, “Deixa penetrar a luz. Que a formosa luz de Deus fulgure em ti, e serás feliz assim” (Marta Doreto).

Perfil da criança do maternal

"As crianças do maternal, principalmente as mais novas, podem sentir-se tensas e inseguras numa classe de Escola Dominical. A sua sensibilidade fica aguçada, e pode chorar por qualquer coisa. Aliás, não é incomum a classe toda pôr-se a chorar, se uma delas iniciar o choro. O professor deve tratá-las com amabilidade e propiciar-lhes um ambiente tranquilo.

Elas assustam-se facilmente. Situações e sensações novas são-lhes assustadoras. Por isso, uma criança que esteja começando a frequentar a Escola Dominical sentir-se-á insegura ao ser separada da mãe. Não se trata de dengo, mas de um temor real. Teme que a mãe não volte mais. Neste caso, a mãe deve permanecer com ela na sala, até que se familiarize com o ambiente, os professores e os colegas” (Marta Doreto).

Oficina de ideias

“Numa folha de ofício, desenhe um rio com traços simples. Faça uma cópia para cada aluno. Distribua canudos de refresco, ensine as crianças a cortá-los em pequenos pedaços, com uma tesourinha sem ponta, e depois colá-los no “rio Jordão” que você desenhou. Converse: Como se chamava o homem doente? E qual era o nome do profeta que orou por ele? Quantas vezes o profeta Eliseu mandou Naamã mergulhar no rio? Como se chamava o rio? E o que aconteceu quando ele mergulhou sete vezes? Quem curou o dodói da pele de Naamã? Certifique-se de que as crianças entenderam que a pele de Naamã foi limpa por Deus, e não pela água do rio ou pelo profeta Eliseu. Repita que o papai do céu cura o nosso dodói e nos dá saúde” (Marta Doreto).

Hora de brincar

“Se na classe houver uma “piscina de bolinhas”, as crianças poderão brincar de mergulhar no rio Jordão. Se não houver, coloque algumas almofadas no chão, e elas farão de conta que estão pulando no rio Jordão. Não devem mergulhar de cabeça; apenas pularão sobre as almofadas” (Marta Doreto).

Até logo

Depois de repetir o versículo e o cântico do dia, encerre a aula com uma oração. Prepare as crianças para a saída. Quando os pais ou responsáveis forem buscar as crianças, recomende que, em casa, leiam a história bíblica de hoje para o(a) filho(a). Sugira que utilizem uma bíblia infantil. O texto bíblico da lição se encontra em 2 Reis 5.1-19.

Deus abençoe a sua aula e os seus alunos!

Fonte: http://www.escoladominical.com.br/home/licoes-biblicas/subsidios/maternal/1243-li%C3%A7%C3%A3o-9-papai-do-c%C3%A9u-me-d%C3%A1-sa%C3%BAde.html Acesso em 28 nov. 2018

Copyright © 2003 - 2021 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.