Adultos

Lição 5 - O avivamento na vida da Igreja VI

ASSEMBLEIA DE DEUS NO RIO GRANDE DO NORTE - IEADERN - Congregação Ebenézer - Pólo Setor 24

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2023

Adultos - AVIVA A TUA OBRA - O chamado das Escrituras ao quebrantamento e ao poder de Deus

COMENTARISTA: ELINALDO RENOVATO DE LIMA

COMENTÁRIO: PB. ANTONIO VITOR DE LIMA BORBA

LIÇÃO Nº 5 – O AVIVAMENTO NA VIDA DA IGREJA

Na lição desta semana, estudaremos sobre o avivamento espiritual experimentado pela Igreja Primitiva no Dia de Pentecostes bem como sobre os efeitos desse avivamento na dinâmica daquela igreja e que servem como referência para a igreja dos dias atuais. A promessa do batismo no Espírito Santo, anunciada pelo profeta Joel (Jl 2.28), fora reforçada pelo próprio Cristo nos momentos antes da Sua ascensão (Lc 24.49).

O Objetivo deste comentário é contribuir para o preparo de sua aula, e apresentar um subsídio a parte da revista, trazendo um conteúdo extra ao seu estudo. Que Deus nos ajude no decorrer desta maravilhosa lição.

O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO E O PÚBLICO-ALVO

O Batismo no Espírito Santo é um revestimento de poder dado pelo Espírito Santo de Deus para que haja um testemunho da pessoa de Jesus Cristo3. Ser batizado no Espírito significa experimentar a plenitude do Espírito. É uma experiência espiritual que ocorre após ou junto à regeneração, sendo acompanhada da evidência física inicial do falar em outras línguas (At 2.4).

Estamos falando de uma experiência espiritual posterior à conversão, que reveste o crente para que este venha a testemunhar, com ousadia, da mensagem poderosa do Evangelho, convidando os perdidos à salvação ofertada pelo sacrifício da cruz. O Batismo no Espírito Santo é uma experiência real e disponível em nosso tempo. Portanto, todo aquele que entender o propósito do Batismo no Espírito e desejar receber esse dom de Deus, receberá, se pedir em oração, esse revestimento do Espírito Santo.

O Batismo no Espírito Santo não pode ser confundido com a conversão. “A conversão é uma experiência que ocorre no momento em que a pessoa, arrependida de seus pecados e tendo sido convencida pelo Espírito Santo, decide renunciar a vida de erros e distanciamento de Deus para uma vida com Ele aceitando a Jesus como o seu Senhor e Salvador. […] Ser feito filho de Deus é um poder concedido para nos fazer novas criaturas; a conversão, porém, não é o batismo no Espírito Santo. Cremos que o batismo no Espírito Santo é para aqueles que já experimentaram a salvação.

Outro ponto a se destacar é que a promessa do Pai está disponível a todos os salvos. Há quem afirme categoricamente que a experiência do Batismo no Espírito Santo foi pontual, ocorrida apenas no tempo apostólico, não sendo vigente para o nosso tempo. Contudo, não é assim que a Palavra de Deus nos ensina. O próprio apóstolo Pedro afirmou: “Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos e a todos os que estão longe: a tantos quantos Deus, nosso Senhor, chamar” (At 2.39).

Destaque

[…] “a promessa do Pai”, ou o “dom do Espírito Santo”, não seria apenas temporário, pontual, para aquela ocasião, nem só para os que se encontravam no cenáculo no Dia de Pentecostes. Ele declarou com toda a clareza que a promessa era “para vós”, os judeus a quem se dirigia ele; “a vossos filhos”, ou seja, aos descendentes dos judeus convertidos; “e a todos os que estão longe” (os judeus convertidos e dispersos), e o mais importante, “a tantos quantos Deus, nosso Senhor, chamar”. Uma análise exegética simples e direta, com base no texto citado, não deixa a menor dúvida de que o batismo no Espírito Santo foi enviado por Deus para todos que se convertem a Cristo como Salvador, ou seja, os que atendem ao chamado de Jesus pela fé na sua Palavra. O chamado de Jesus é para todos, e não só para alguns, eleitos ou predestinados desde o ventre, sem oportunidade de arrependerem-se, crerem e confessarem a Jesus. O chamado de Jesus é universal, para todos (Mt 11.28-30).

Quer continuar lendo? Para continuar lendo este artigo baixe os anexos nos links abaixo.Bons estudos.

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - PB. ANTONIO VITOR LIMA BORBA

Copyright © 2003 - 2023 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.