Adultos

Lição 4 - Dons de poder IV

ASSEMBLEIA DE DEUS - IBOTIRAMA/BA

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2021

Adultos - DONS ESPIRITUAIS E MINISTERIAIS: servindo a Deus e aos homens com poder extraordinário

COMENTARISTA: ELINALDO RENOVATO DE LIMA

COMENTÁRIO: PR. JOSAPHAT BATISTA SOARES

LIÇÃO 4 - DONS DE PODER

INTRODUÇÃO

- Em continuidade ao nosso estudo acerca dos dons espirituais, vamos agora, dispensar certa atenção ao grupo de dons que na sua classificação chama-se, “dons de poder” que são: “dons da fé, dom de maravilhas ou milagres e dons de curar”. A operação sobrenatural do Espírito Santo no seio da igreja por intermédio dos dons de poder, também não deixam de serem sinais e maravilhas da parte de Deus com propósitos específicos que fogem á compreensão humana. (Table of contentes).

I – TEXTO BÍBLICO

(1 Coríntios 12.1-11).

...

II – A REALIDADE CONTEMPORÂNEA DOS DONS DE PODER

- Entendemos que os dons de poder são também capacidade outorgada pelo Santo Espírito aos crentes salvos para poder agir sobrenaturalmente (At. 6.8; 19.11,12; II Co. 10.3-5).

- Transcrevemos aqui o que disse o Pastor Vicente de Paulo acerca dos dons de poder e a sua contemporaneidade. “Os milagres operados pelos primeiros discípulos causaram grande impacto em todos os lugares que a igreja alcançou nos primeiros séculos da era cristã. Os dons que aqui são destacados como “dons de poder”, se referem aquelas manifestações que proporcionam soluções imediatas para situações aparentemente insolúveis, causando grande espanto e admiração por parte daqueles que presenciam tal acontecimento. Apesar da realidade contemporânea dos milagres, temos presenciado muita dificuldade nesse aspecto, pois, o misticismo e a necessidade das pessoas têm promovido uma busca doentia por experiências sobrenaturais que proporcionem prazer e bem estar pessoal. Por causa disso surgiram muitos mercenários que viram nessa fome do sobrenatural, um “mercado” muito promissor. O dom da cura tem sido o “carro chefe” da indústria da fé para criar o seu marketing promocional, com o propósito de atrair os incautos e explorá-los financeiramente. Por que é que nenhuma igreja ou nenhum grande “homem de Deus” faz movimentos milagreiros sem pedir dinheiro?. Em nenhum momento encontramos Jesus, depois de ter realizado algum milagre, pedindo dinheiro as pessoas. Nos dias de hoje é muito raro, se porventura existir, alguém agindo como fez Eliseu diante do General Naamãapós ter realizado um grande milagre, ao curar a lepra do general da Assíria. Naamãquis recompensar Eliseu pelo milagre que acabara de receber, porém, Eliseu recusou veementemente. Todavia, o auxiliar de Eliseu, Geazi foi atrás do General e fez o resgate de alguns presentes, por isso ele foi severamente punido. Infelizmente, na atualidade, o ministério de Eliseu foi ofuscado pelo ministério de Geazi, a maioria pensa como Geazi, pensam que podem tirar proveito das manifestações poderosas do Espírito. Porém, com relação a isso, eu descanso na Palavra do Senhor, pois, ninguém ficará impune, assim como Geazi que recebeu a devida recompensa. Paulo registrou em Gálatas 6.7 “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará”. No meu entendimento, essas pessoas que simulam milagres são piores do que aqueles que se declaram ateus. Muita gente se declara ateu por causa de uma formação inadequada, uma experiência traumática ou até por falta de conhecimento aprofundado do Evangelho. Mas, esses mercenários, vendedores de milagres, têm conhecimento do evangelho e até mesmo de Deus, porém, decidiram amar mais a si mesmos, e para ter uma vida de regalias, conforme a soberba de seus corações, escolheram brincar com a esperança das pessoas e com o sublime poder do Espírito Santo”. (http://pensandoteologia.blogspot.com/2011/05/os-dons-de-poder-licao-7.html).

Quer continuar lendo? Para continuar lendo este artigo baixe os anexos nos links abaixo.Bons estudos.

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - PR.JOSAPHAT BATISTA SOARES BORBA

Copyright © 2003 - 2021 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.