Adultos

Lição 6 - A teologia de Elifaz: só os pecadores sofrem? III

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SETOR 31 (ERMELINO MATARAZZO,SÃO PAULO/SP)

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

QUARTO TRIMESTRE DE 2020

Adultos - A FRAGILIDADE HUMANA E A SOBERANIA DIVINA: o sofrimento e a restauração de Jó

COMENTARISTA: JOSÉ GONÇALVES

COMENTÁRIO: EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS

LIÇÃO Nº 6 – A TEOLOGIA DE ELIFAZ: SÓ OS PECADORES SOFREM?

Texto: Jó 4:1-8; 15:1-4; 22:1-5

Introdução: Embora transcendente, Deus tem prazer em se relacionar com o homem terreno

I – OS PECADORES NO CONTEXTO DA JUSTIÇA RETRIBUTIVA,/p> <p.1. A lei da semeadura e da colheita

1.1. Elifaz se dirige a Jó com uma defesa do pensamento tradicional: A justiça retributiva

. É a lei de causa e efeito

1.2. A justiça retributiva é um princípio da ortodoxia teológica

2. O homem colhe o que plantou

2.1. A lei da semeadura está bem clara em Jó 4.8

2.2. Os capítulos 4 e 5 falam sobre a lei da semeadura.

2.3. Para Elifaz:

a. Vivemos de tal forma que existem consequências de nossas ações

b. O pecado sempre produz consequências

c. Somente os pecadores pagam pelos seus erros

d. Se Jó estava sofrendo é por que estava em pecado

e. Cabia a Jó assumir a responsabilidade moral pelos seu pecado

2.4. O que a Bíblia fala do princípio da semeadura:

a. Deus recompensa os bons e justos (Sl 1.6)

b. O Senhor é contra os que fazem males (1Pe 3.12)

2.5. Reflexões:

. Quantos são os que fazem acusações precipitadas quando alguém passa por momentos delicados na vida?

. Ao julgar alguém, cometemos injustiças?

3. A queixa de Jó

. Em sua defesa, Jó se contrapõe à teologia de Elifaz (Jó 6-7)

. Jó não aceita a tese de Elifaz e por isso se sente alienado de Deus (Jó 6.1-7)

. Jó não aceita a tese de Elifaz e por isso se sente alienado de si mesmo (Jó 6.8-13)

. Jó não aceita a tese de Elifaz e por isso se sente alienado de seus amigos (Jó 6.14-23)

. Jó se queixa de Deus. Ele era justo e não merecia sofrer (Jó 6.1-13)

. Jó se queixa de Deus e quer falar com Deus (Jó 7.11-21)

. A teologia de Elifaz não se aplicava no caso de Jó

. Reflexão:

. O que fazer num momento de dor?

. Você se dirige a Deus num momento dor?

II – OS PECADORES NO CONTEXTO DA TRADIÇÃO RELIGIOSA

1. Ortodoxia engessada (Jó 15.1-35)

1.1. Elifaz comenta que as palavras de Jó são uma ameaça ao dogma religioso aceito (Jó 15.4)

a. Se Jó, estivesse certo, o dogma religioso estaria errado

b. Jó tornou-se uma ameaça ao dogma religioso

1.2. Elifaz diz que as palavras de Jó não revelam sabedoria, mas são palavras jogadas ao vento

2. Uma ameaça à tradição religiosa

2.1. Elifaz apela para a tradição religiosa para confirmar seu princípio teológico (Jó 15.7)

a. Segundo Elifaz, Jó não era mais sábio que os antigos (Jó 15.9,10)

3. Um defensor celeste

3.1. Jó se contrapõe aos argumentos de Elifaz (Jó 16-17)

a. Nesse texto, Jó reclama, mas não blasfema contra Deus.

b. Jó apelava para os céus. Ele procura um intercessor (Jó 16.8-17.2)

3.2. O anseio de Jó por um mediador prenuncia Jesus Cristo (1Jo 1.5,7)

III – OS PECADORES DIANTE DE UM DEUS INFINITO

1. Deus não se importa com quimeras humanas

1.1. Elifaz apela para a transcendência divina ao atacar Jó (Jó 22)

a. Transcendência: conjunto de atributos do Criador que ressalta a Sua superioridade

b. Deus está acima da sua criação e não é limitado por ela (Jó 22.1-3)

1.2. Para Elifaz, Deus havia abandonado Jó por causa do pecado

a. Deus não se importava com que acontecia na terra (Jó 22.12)

b. Jó precisava se arrepender.

2. Deus caminha com os homens

2.1. A resposta de Jó para Elifaz:

a. Jó não nega a transcendência de Deus (Jó 23.13)

b. Jó está consciente de que Deus caminha com os homens (Jó 23.10)

2.2. Reflexão:

b. Em Cristo Jesus, Deus caminha com os homens

c. Deus se envolve com os homens nos diversos detalhes da vida

Conclusão: Quando somos íntegros, tudo o que disserem contra nós, haverá uma resposta. Da mesma maneira que Jó teve a ousadia de responder. Reflita: Só os pecadores sofrem?

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS

Copyright © 2003 - 2020 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.