Adultos

Lição 2 - Quem era Jó II

ASSEMBLEIA DE DEUS - AMERICANA/SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

QUARTO TRIMESTRE DE 2020

Adultos - A FRAGILIDADE HUMANA E A SOBERANIA DIVINA: o sofrimento e a restauração de Jó

COMENTARISTA: JOSÉ GONÇALVES

COMPLEMENTOS, ILUSTRAÇÕES E VÍDEOS: PR. LUIZ HENRIQUE DE ALMEIDA SILVA

LIÇÃO Nº 2 – QUEM ERA JÓ

...

JÓ (COMENTÁRIO MESQUITA) ( AT )

PRÓLOGO (1-2:13)

1. Quem Era Jó (1: 1-5)

1) Um homem justo num universo diabólico (v. 1). Está muito longe da verdade quem disser que entende o problema relacionado com o livro de Jó. Não compreendemos o problema moral do universo, nem podemos entender como Satanás tem liberdade para destruir uma vida reta, moral, equilibrada e sensata. Jó é-nos apresentado reto, íntegro e temente a DEUS. Um homem que fugia do mal e procurava manter a paz com o seu DEUS, tanto quanto a si como à sua família. Era um sacerdote doméstico, talvez um Melquisedeque, um Jetro ou um dos tantos outros que havia no mundo daqueles dias e que a História não registra. Como vimos na introdução, não estamos certos do lugar onde vivia, mas parece ser a região edomita onde foram morar os descendentes de Esaú e os filhos de Ismael. Ali se fundiram no que atualmente se conhece como o mundo árabe. Era uma região remota, isolada do mundo e que não tinha o movimento social dos nossos dias, concorrendo para que este grande homem praticasse uma vida ascética e profundamente religiosa, para que fosse um homem que, no dizer de DEUS mesmo, se desvia do mal (v. 8). A maldade, que sempre dominou este universo terreno, não o havia atingido e nem a sua riqueza tinha comprometido a sua fidelidade à religião e a DEUS, como tantas vezes acontece. Era um oásis na secura do mundo mau, sim, do mundo mau. Este mundo é mau e cheio de perversidade.

2) Um homem muito rico (v. 3). Grande fazendeiro, com sete mil ovelhas, três mil camelos, quinhentas juntas de bois e quinhentas jumentas. Era o maior de todos os criadores do Oriente. Pelo número de juntas de bois, podemos inferir das imensas áreas lavradas, com abundantes colheitas de cereais. Todos os chefes daquela região eram criadores, e, em geral, ricos. Esta região veio mais tarde a ser submetida pelos reis de Israel, que fizeram dela uma colônia (I Reis 22:48). Os camelos eram usados para o transporte de mercadorias e outros centros de comércio, mais para o oriente, enquanto a lã das ovelhas era usada para o fabrico de tapetes, que ainda hoje são a tentação dos Povos Ocidentais. Até onde chegaria a influência deste grande homem, ignoramos, embora abrangesse muitas tribos e regiões.

Quer continuar lendo? Para continuar lendo este artigo baixe os anexos nos links abaixo.Bons estudos.

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - PR. LUIZ HENRIQUE DE ALMEIDA SILVA

Copyright © 2003 - 2020 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.