Adultos

Lição 9 - A mordomia do trabalho III

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SETOR 31 (ERMELINO MATARAZZO,SÃO PAULO/SP)

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

TERCEIRO TRIMESTRE DE 2019

Adultos - TEMPO, BENS E TALENTOS: sendo um mordomo fiel e prudente com as coisas que Deus nos tem dado

COMENTARISTA: ELINALDO RENOVATO DE LIMA

COMENTÁRIO: EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS

LIÇÃO Nº 8 – A MORDOMIA DO TRABALHO

Texto: 2 Tessalonicenses 3.6-13

Introdução: O trabalho honesto, acompanhado da bênção de Deus, dignifica e enobrece o cristão

I – O TRABALHO DE DEUS NA BÍBLIA

1. O trabalho de Deus na criação do Universo

1.1. Deus criou o Universo e os seres vivos (Êx 20.11; Ne 9.6)

1.2. Infelizmente, uma teoria falsa admite que o Universo surgiu de uma explosão (Big-Bang), e, por acaso, tudo se organizou no Cosmos.

(a) O orgulho faz com que o ímpio não veja a realidade (Sl 10.4; cf 14.1; 53.1)

2. O trabalho de Deus na criação do homem.

2.1. O Pai trabalhou na criação (Gn 2.7)

2.2. O Filho trabalhou na criação (Cl 1.16)

2.3. O Espírito Santo trabalhou na criação (Jó 33.4)

3. Deus continua a trabalhar

3.1. Deus continua trabalhando, nunca parou (Jo 5.17)

3.2. Deus continua trabalhando em prol da sua criação (Sl 24.1; 65.9,10; 104.30; Is 64.4).

II – A BÍBLIA E A MORDOMIA DO TRABALHO

1. O homem foi criado para o trabalho.

1.1. O trabalho faz parte da vida do homem (Gn 2.5)

1.2. No plano divino, o homem foi feito para trabalhar (Gn 2.8,15)

2. O trabalho antes da Queda.

2.1. Podemos deduzir que antes da queda do homem:

(a) O trabalho era agradável

(b) O trabalho era sem desgaste físico e mental

(c) No trabalha não havia doença nem o perigo de morrer

3. O trabalho depois da Queda.

3.1. O medo e a maldição

(a) O ser humano começou a conhecer o medo

(b) O ser humano perdeu a autoridade sobre os demais seres

(c) O ser humano conheceu a maldição da terra

3.2. A ecologia foi mudada

(a) As condições ambientais foram transtornadas (Rm 8.20)

(b) A terra foi amaldiçoada (Gn 3.17)

(c) O que era agradável, por causa do pecado, tornou-se pesado, brutal e desagradável

3.3. O trabalho tornou-se desgastante.

(a) Um trabalho árduo e desgastante (Gn 3.19)

(b) Um trabalho com desgaste mental (Ec 3.10; Jó 5.6,7)

(c) Quantas pessoas que se encontram mentalmente esgotadas e cansadas por causa de suas atividades profissionais?

III – PRINCÍPIOS CRISTÃOS PARA O TRABALHO

1. O homem deve trabalhar “com o suor de seu rosto”

1.1. Não há trabalho sem esforço (Gn 3.19)

2. O trabalho deve ser diuturno (subsiste por longo tempo).

2.1. O tempo do trabalho

(a) Vai até à tarde (Sl 104.23)

(b) Dia e noite (2Ts 3.9)

2.2. O trabalho trará alimento sobre a mesa (Sl 128.2)

3. Não ser pesado a ninguém.

3.1. Não sejamos aproveitadores da bondade alheia (2Ts 3.8)

4. O preguiçoso não deveria comer. (2 Ts 3.10)

4.1. A Bíblia condena expressamente a preguiça (Pv 6.6,9; 13.4; 19.24)

5. A relação de empregados e empregadores.

5.1. Os Patrões cristãos. (Ef 6.9)

(a) Devem zelar pelos direitos trabalhistas (Tg 5.4-6)

5.2. Empregados cristãos. (Ef 6.5-8)

(a) Os empregados cristãos não devem fugir ao seu compromisso de trabalho; antes, devem executá-lo como se fosse ao Senhor

5.3. Não se submeta ao trabalho vil.

(a) O trabalho escravo, a exploração laboral infantil, bem como “ofícios” oriundos do vício, do crime e da prostituição são abominações aos olhos do Criador de todas as coisas

(b) Trabalhemos honestamente, para que o nome do Senhor seja exaltado

Conclusão: Devemos exercer a nossa mordomia no trabalho, glorificando a Deus e abençoando o próximo.

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS

Copyright © 2003 - 2019 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.