Adultos

Lição 1 - O que é a mordomia cristã V

SUPERINTENDENCIA DAS EBD'S DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS EM PERNAMBUCO

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

TERCEIRO TRIMESTRE DE 2019

Adultos - TEMPO, BENS E TALENTOS: sendo um mordomo fiel e prudente com as coisas que Deus nos tem dado

COMENTARISTA: ELINALDO RENOVATO DE LIMA

COMENTÁRIO: SUPERINTENDÊNCIA DAS EBD'S DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS EM PERNAMBUCO

 

LIÇÃO Nº 1 – O QUE É A MORDOMIA CRISTÃ

[yt_youtube url="https://www.youtube.com/watch?v=WOAvTBfCdQg" width="600" height="400" responsive="yes" autoplay="no" ]

INTRODUÇÃO

Neste terceiro trimestre de 2019, estudaremos o tema: “Tempo, Bens e Talentos – Sendo mordomo fiel e prudente com as coisas que Deus tem nos dado”. Nesta primeira lição, definiremos o termo mordomo e também mordomia cristã; destacaremos que Deus é dono de tudo, mas que confiou ao homens o domínio da terra e de todos os bens que lhe concedeu; pontuaremos que a doutrina da mordomia está presente em toda a Bíblia; e, por fim, concluiremos destacando a importância desta doutrina para a nossa vida.

I – DEFINIÇÕES DE MORDOMO E MORDOMIA

1.1 Definição secular e exegética de mordomo. O dicionário diz que mordomo “é um indivíduo encarregado de administrar, em residência alheia, as tarefas domésticas cotidianas, distribuindo-as entre os demais empregados” (HOUAISS, 2001, p. 1960). A palavra grega mais comum, frequentemente no NT, é “oikonomos” (TENNEY, 2008, p. 377). O “oikonomos” denotava primariamente “o administrador de uma casa ou propriedade”, formado de oikos , “casa”, e nemo , “arranjar, organizar” (VINE, 2002, p. 800). Essa palavra é mais traduzida como despenseiro. A ideia de despenseiro aparece somente no Novo Testamento, quando o original grego usa a palavra oikonomos, que significa: “gerente da casa” (Lc 12.42; 16.1,3,8; Rm 16.23; 1 Co 4.1,2; Gl 4.2; Tt 1.7; 1 Pd 4.10); ou quando usa a palavra epitropos, que quer dizer: “encarregado”, que aparece por três vezes (Mt 20.8; Lc 8.3; Gl 4.2).

1.2 Definição teológica de mordomia cristã. É a doutrina bíblica que ensina “a utilização responsável dos recursos que o Senhor colocou-nos à disposição” (ANDRADE, 2006, p. 270). Mordomia quer dizer “todo o serviço que realizamos para Deus e todo comportamento que apresentamos como cristãos diante de Deus e dos homens” (RENOVATO, 2019, p. 11). Esta é uma doutrina presente em toda a Bíblia Sagrada desde o livro de Gênesis (Gn 1.28) até o Apocalipse (Ap 11.18).

II – DEUS É O DONO DE TUDO

Tudo que há veio a existência por meio de Deus (Gn 1.1; Is 42.5; Jr 10.12; At 17.24). Tudo existe para a glória do Seu nome: “Digno és, ó Senhor, nosso Deus de receberes glória, e honra, e poder, porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas” (Ap 4.11). Deus tem direito como Criador sobre toda a criação: “Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas” (Rm 11.36). Na tabela abaixo destacaremos que Deus é dono de tudo que Ele criou:

[yt_message_box title="Quer continuar lendo?" type="info" close="no" ]Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.[/yt_message_box]

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL (FORNECIMENTO DO MATERIAL) - PROF. PAULO AVELINO

Copyright © 2003 - 2019 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.