Adolescentes

Lição 13 - Em novos céus e nova terra I

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO NO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2021

Adolescentes: Cremos

Comentarista: MARCELO OLIVEIRA DE OLIVEIRA

COMENTÁRIO: Profª. Jaciara da Silva

LIÇÃO Nº 13 – NA VINDA DE JESUS, BOA ESPERANÇA

Objetivo

Professor (a) ministre sua aula de forma que possa conduzir seus alunos a compreender a restauração de toda criação.

Para refletir

"Todavia, de acordo com a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, onde habita a justiça". (2 Pe 3.13 - NVI).

Texto Bíblico: Is 65.17; 66.22; Ap 21.1

O Novo Céu e A Nova Terra – Ap. 21.1-27

Logo após o milênio virá o último julgamento, o do Grande Trono Branco. Naquela ocasião da presença de Cristo “fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles.” (Ap. 20.11). A menção dessa conflagração junto com o último julgamento mostra a proximidade desses dois eventos. Todavia o tempo exato que a terra e o céu fugiram da presença da majestade e da glória de Cristo é aberto para comentários. Alguns dizem que acontece logo depois deste julgamento e outros sustentam que foi durante a Tribulação (Ap. 16.20).

Em todo caso João viu “um novo céu, e uma nova terra”. Como foram criados na primeira vez, não serão no futuro, mas novos e diferentes, Gn. 1.1, “No princípio criou Deus os céus e a terra.” A palavra “novo” é de uma palavra grega que significa quanto forma: não usado, recente, ou como substância: um espécie novo, incomum.

Alguns creem que os primeiros céus e a primeira terra literalmente serão queimados, aniquilados, eliminados e desfeitos pelo fogo e tudo será uma nova criação (2 Pe. 3.10-12). Pode ser isso a realidade que a profecia está apontando. Todavia convém pensar nessas duas considerações:

A Bíblia diz que a terra é para sempre - Sl 78.69, “E edificou o seu santuário como altos palácios, como a terra, que fundou para sempre.”; Sl 104.5, “Lançou os fundamentos da terra; ela não vacilará em tempo algum.”; Ec 1.4, “Uma geração vai, e outra geração vem; mas a terra para sempre permanece.”; Is 51.6, “Levantai os vossos olhos para os céus, e olhai para a terra em baixo, porque os céus desaparecerão como a fumaça, e a terra se envelhecerá como roupa, e os seus moradores morrerão semelhantemente; porém a minha salvação durará para sempre, e a minha justiça não será abolida.” Se a terra permanecerá, como pode ter um fim?

Para fazer tudo novo, não é necessário eliminar completamente o velho. Tome como referência o homem velho na hora de regeneração. O homem velho não é destituído, eliminado, mesmo que “tudo se fez novo” (2 Co. 5.17, “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.”) Deus cria o homem novo e o velho homem é suplantado, feito submisso à nova natureza. Também pense nos que perecem no lago de fogo. Perecem, mas permanecem. Não serão eliminados mas castigados numa condenação eterna. Podemos considerar a destruição da terra pela água no dilúvio. Deus disse a Noé: “... porque a terra está cheia de violência; eis que os desfarei com a terra.” Gn. 6.13; 7.4 (Am. 9.5). Todavia, sendo desfeita não foi eliminada completamente. Se uma vez aconteceu assim será que o novo céu e a nova terra são ‘novos’ da mesma maneira?

Tudo Novo - Mesmo que os céus e a terra não serão eliminados ou reduzidos a nada, serão purgados, ou seja, serão desfeitos e limpos pelo fogo (2 Pe. 3.7, 10-12). O importante é entender que todas as obras pecaminosas do homem na terra serão eliminadas pelo fogo purificador de Deus. O resultado é um novo céu e uma nova terra, sem nenhum mar. Que lugar será! A terra será sem nenhum resquício da maldição do pecado e sem o abominável sangue do homem inocente que foi derramada nela. Purificada, cristalina, tudo novo!

Novo Céu - A Bíblia fala de três céus (2 Co. 12.2-4, “foi arrebatado ao terceiro céu ... ao paraíso). O primeiro céu é para as aves (atmosfera perto da terra), o segundo é para as estrelas e planetas (o espaço, o firmamento), e o terceiro céu (o paraíso, o lugar do Seu trono - Sl. 11.4, “o céu dos céus” - 1 Rs. 8.27). João viu um novo céu. Este novo céu pode ser aquele onde Deus habita. Os céus das aves e das estelas ou foram eliminados ou foram ajuntados com aquele aonde permanece o trono de Deus. Este pode ser o céu onde Deus tem Seu trono e onde “estaremos sempre com o Senhor” será eliminado? (1 Ts. 4.17)

Entendendo que tudo aqui na terra atual será fundido e feito novo, como devemos ser sábios! Nenhum servo do Senhor deve ser tão estúpido de perder o sono com a preocupação de adquirir bens que não vão com ele para essa cidade e nem vão sobreviver à purificação dessa terra. Aquela preocupação ou prazer que rouba a sua comunhão para com Deus, a igreja ou com a sua família vale tanto? Por mais que determine que posses são importantes, tudo é passageiro. Seja sábio! Buscai primeiramente o Reino de Deus e a Sua justiça! Assim, não gastará o seu tempo, sua saúde e o fruto do seu suor naquilo que será queimado (2 Pe. 3.10).

Entendendo que tudo aqui na terra atual será fundido e feito novo, como devemos ser santos! Foi a água que limpou o mundo a primeira vez. Dessa vez será pelo fogo. Portanto aquele tempo desperdiçado por priorizar diversões que roubam a sua presença dos cultos de adoração a Deus; aquelas meditações que só trazem vergonhas em vez de edificação; os investimentos que redundam somente para a grandeza do homem e não animam a causa do Senhor, e as amizades que promovam vanglória em vez de crescimento na obediência da Palavra de Deus serão todos desfeitos. Serão destruídos nessa hora. Sabendo que virá tal fogo purificador como devemos procurar a ser santos como nosso Salvador é Santo! (2 Pe. 3.11-14; 1 Jo. 3.1-3)

Aplicação da Lição

Enfatize aos seus alunos que hoje sofremos, mas todo o desprezo sofrido, dor e tristeza, na verdade tudo expendido no serviço ao Senhor será naquele momento mais do que recompensado. Nenhum sacrifício será esquecido mas tudo será recompensado múltiplas vezes. A glória de estar com o Salvador vivenciando uma paz completa em tanta beleza para todo o sempre valerá todo sacrificado aqui. “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.” (1 Co. 15.58).

Fontes Consultadas:

BÍBLIA. Português. Bíblia Shedd. Tradução João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada. 2ª Edição, São Paulo, Editora Vida Nova, 1997.

<p.BÍBLIA. Português. Bíblia de Estudo Pentecostal. Tradução João Ferreira de Almeida, Revista e Corrigida. Rio de Janeiro, Editora CPAD, 2002. Editor geral Donald Stamps, Editor brasileiro Pr. Antonio Gilberto.

NOVO TESTAMENTO Interlinear grego-portugues. Barueri, SP. Sociedade Bíblica do Brasil, 2004.

ELWELL, Walter A. Enciclopédia Histórico-Teológica da Igreja Cristã. São Paulo, Reimpressão em 1 volume, 2009.

HORTON, Stanley M.. Teologia Sistemática. CPAD.

Colaboração para o Portal Escola Dominical - Profª. Jaciara da Silva

Copyright © 2003 - 2021 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.