Adolescentes

Lição 1 - O que é família? I

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO NO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2020

Adolescentes: A família cristã

COMENTARISTA: JÔNATAS PACHECO

COMENTÁRIO: PROFª. JACIARA DA SILVA

LIÇÃO Nº 1 – O QUE É FAMÍLIA

Ao Mestre

Que Deus nos auxilie para que através do Espírito Santo fortalecemos nos adolescentes a base familiar.

Objetivo

Para refletir

“Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne." (Gn 1.27; 2.24 - NVI).

Texto Bíblico: Gn 1.26-30;2.21-24.

Introdução

É no seio familiar, que adquirimos os valores que vão nos acompanhar por toda vida. Honestidade, sinceridade, verdade, fraternidade, tudo isto, recebemos da família.

É claro que há também alguns valores negativos, quando o egoísmo por exemplo, faz parte do mundo familiar. Por isso, a família deve ser preservada e muito orientada, para que possa gerar bons frutos no futuro.

A origem da família

A família é uma instituição divina. Cada um de seus membros deve fazer a sua parte a fim de promover a felicidade, a integridade e o fortalecimento da união familiar; e desempenhar sua missão bíblica para a glória de Deus.

Deus criou a família com desígnios sublimes. O Criador não fez o ser humano para viver na solidão. Quando acabou de formar o homem, o Senhor disse: "Não é bom que o homem esteja só. Far-lhe-ei uma adjutora, que esteja como diante dele" (Gn 2.18). Este texto bíblico nos mostra o primeiro objetivo de Deus ao criar a família. Fica evidente que a célula mater da sociedade foi criada a partir da necessidade humana de ter companhia. O propósito divino era estabelecer uma instituição que pudesse propiciar ao ser humano abrigo e relacionamento. Atualmente temos visto e vivido um tempo de escassez na área dos relacionamentos. Estamos ficando cada vez mais superficiais, frios e distantes uns dos outros. Somente um retorno a Deus.

Deus preparou um lugar excelente para receber a primeira família. O Jardim do Éden era um local especial de acolhimento, proteção e provisão. Adão e Eva tinham tudo de que precisavam para usufruir de uma vida saudável e feliz (Gn 1.29) “E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda erva que dá semente e que está sobre a face de toda a terra e toda árvore em que há fruto de árvore que dá semente; ser-vos-ão para mantimento”.

Eles desfrutavam da companhia de Deus e nada lhes faltava. O propósito do Senhor era que cada família tivesse os recursos suficientes para sua subsistência, pois a escassez e as privações trazem conflitos para as famílias. Porém, com a ajuda do Pai Celeste estes conflitos podem ser sanados.

A importância da família no plano de Deus

A família existe para produzir uma herança piedosa na terra, e já é um meio ideal para evangelizar e discipular o mundo. E sempre foi assim. Desde Adão e Eva, Deus tem usado famílias para alcançar o mundo. Como já vimos, o primeiro casal recebeu a "comissão" de encher a terra com novas imagens para a glória de Deus. Anos depois da queda, Noé recebeu exatamente a mesma ordem, sem dúvida mais difícil depois da Queda, mas a mesma ordem (Gn 9:1). Abraão, o "pai de muitas nações", foi escolhido para que sua família fosse uma bênção trazendo salvação às nações. E o próprio Senhor Jesus veio para a terra morar em família.

Deus criou o homem e a mulher criou cada um à sua imagem. Representam algo sobre a Pessoa de Deus como indivíduos (por exemplo, personalidade, intelecto, emoção, vontade, espírito, etc.). Mas Deus também criou os dois à imagem de Deus: "Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou" (Gn 1:27). "Homem e mulher os criou" (à imagem de Deus) significa que o casal como casal revela aspectos profundos sobre a Pessoa de Deus. Este foi o primeiro propósito de Deus para a união conjugal, e revela a centralidade do relacionamento marido-esposa no plano de Deus.

Quais são os propósitos divinos no casamento:

2. Satisfação amorosa e mútua do casal (Ec. 9.9).

3. Propagação do gênero humano (Gn. 1.28).

4. Preservação da pureza moral, na família e na sociedade ( 1 Co. 7.2).

5. Estabelecimento do Lar (Mt. 19.5).

6. Ser um meio de falar de Cristo e da Sua igreja (Ef. 5.31-32). O casamento é a base da sociedade e da igreja.

O primeiro grande propósito de Deus para a família é simplesmente Espelhar a Imagem de Deus. Existe um segundo propósito que Deus tem para a família, e que a faz "erguer seus olhos, para ver os campos já brancos para a ceifa . . . ": A família existe para anunciar o reino de Deus.

Conclusão

Deus criou a família perfeita. Porém, a família de Adão e Eva fez tudo errado, e o pecado quase a destruiu. Mesmo assim, Deus amava aquela família, assim como Ele ama a nossa.

Devemos amar a Deus sobre todas as coisas, depois o papai deve amar a mamãe e os filhos amar e obedecer aos pais e os pais devem amar seus filhos e os irmãos devem amar e respeitar uns aos outros. Deus deseja que sua família viva em harmonia, isto é, todos sempre unidos e sem brigas, ciúmes, mas, isso só será possível, se Deus for o centro de nossa Família.

Fontes Consultadas:

• Bíblia de Estudo de Aplicação Pessoal – Editora CPAD – edição 2003

• Bíblia de Estudo Plenitude – SBB/1995 – Barueri/SP

• Bíblia de Estudo Pentecostal – Editora CPAD – Edição 2002.

• Bíblia Shedd – Editora Mundo Cristão – 2ª Edição

• Bíblia de Estudo da Mulher – Editora Mundo Cristão/SBB – Edição 2003

• Dicionário Vine – Editora CPAD – 3ª Edição 2003

• Richards – Lawrence O. – Guia do leitor da Bíblia – Editora CPAD – 8[ Edição/2009

Colaboração para Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva

Copyright © 2003 - 2020 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.