Adolescentes

Lição 5 - A unidade na diferença I

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO NO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2020

Adolescentes: Jesus, o melhor exemplo

COMENTARISTA: THIAGO SANTOS

COMENTÁRIO: PROFª. JACIARA DA SILVA

LIÇÃO Nº 5 – A UNIDADE NA DIFERENÇA

Ao Mestre

Na lição de hoje, trataremos da oração de Jesus por todos os cristãos futuramente creriam Nele. É importante enfatizar a preocupação do Senhor que todos compreendam o valor da unidade.

A glória e o poder de Jesus em seu ministério terreno tem sua origem na União Dele com o Pai, operando milagres, transmitindo a Palavra de Deus e finalmente dando sua vida para expiar os pecados da humanidade.

Essa gloriosa União entre as Pessoas da Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo) deve ser refletida pela Igreja à humanidade. É assim que demonstramos ao mundo que estamos em unidade com o Pai, o Filho e o Santo Espírito e conseguimos assinalar a obra salvadora Deus Pai, através do sacrifício vicário de Seu Filho Jesus Cristo.

Objetivo

Professor (a) ministre sua aula de forma que ao término, seu aluno possa compreender importância da comunhão para a unidade do Corpo de Cristo - a Igreja.

Para refletir

"Minha oração não é apenas por eles. Rogo também por aqueles que crerão em mim, por meio da mensagem deles, para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste." (Jo 17.20,21 - NVI).

Texto Bíblico: Jo 17.1-26.

Unidade

Essa palavra é muito rara, mas o pensamento por trás do termo é glorioso - um só povo, um só Deus. Nos escritos do Antigo Testamento vemos a analogia desse pensamento com o fato da nação Israel descender de um só pai.

Séculos depois, encontramos o salmista recomendando a unidade no Salmo 133, especificando que assim como o orvalho do monte Hermon unindo-se a umidade do Mar Mediterrâneo resulta na benção de abundantes colheitas que garante a vida para os habitantes daquela região. Nisso o salmista enfatiza que não haverá bênçãos e vida para o povo de Deus (seja israelita, e/ou, a igreja) se não houver UNIDADE.

Em o Novo Testamento essa unidade é expandida de acordo com a promessa original. A divisão que existia entre judeus e gentios, e mesmo entre gregos e bárbaros, entre escravos e livres é derrubado através do sangue de Jesus. Através de Cristo somos um único povo:

"Naquela época vocês estavam sem Cristo, separados da comunidade de Israel, sendo estrangeiros quanto às alianças da promessa, sem esperança e sem Deus no mundo. Mas agora, em Cristo Jesus, vocês, que antes estavam longe, foram aproximados mediante o sangue de Cristo.

Pois ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um e destruiu a barreira, o muro de inimizade, anulando em seu corpo a lei dos mandamentos expressa em ordenanças. O objetivo dele era criar em si mesmo, dos dois, um novo homem, fazendo a paz, e reconciliar com Deus os dois em um corpo, por meio da cruz, pela qual ele destruiu a inimizade." (Ef 2.12-16)

Essa unidade não é composta de mera boa vontade, ou interesses comuns, e nem mesmo de organização eclesiástica. É uma unidade de base, fundamento divino. É uma unidade de expansão a partir de um único Descendente - Cristo (Gl 3.16), o segundo Adão (Rm 5.12-13).

A unidade na Igreja

A plenitude e a realidade dessa unidade é revelada no fato da igreja ser chamada a noiva de Cristo, e portanto deve ser um só corpo e um só espírito com seus demais membros (Rm 12.4,5). Visto que é pela fé que os cristão pertencem a Cristo, sua unidade é uma unidade de Fé (Ef 4.13).

A unidade cristã é resultado da nova vida em Cristo (2 Co 5.17), não uma uniformidade, não permite divisões, nem tampouco exclui variedade. O mesmo dá dons diferentes (1 Co 12.4-5) no único corpo de Cristo, embora composto de muitos membros é um só em Cristo.

Conclusão

A unidade espiritual da igreja é uma obra exclusiva de Deus. Não podemos produzir unidade, mas apenas mantê-la. Todos aqueles que crêem em Cristo, em qualquer lugar, em qualquer tempo fazem parte da família de Deus e estão ligados ao corpo de Cristo pelo Espírito.

Fontes Consultadas:

• Bíblia de Estudo de Aplicação Pessoal – Editora CPAD – edição 2003

• Bíblia de Estudo Plenitude – SBB/1995 – Barueri/SP

• Bíblia de Estudo Pentecostal – Editora CPAD – Edição 2002.

• Bíblia Shedd – Editora Mundo Cristão – 2ª Edição

• Bíblia de Estudo da Mulher – Editora Mundo Cristão/SBB – Edição 2003

• Dicionário Vine – Editora CPAD – 3ª Edição 2003

• 365 Lições de vida extraídas de Personagens da Bíblia - Rio de Janeiro Editora CPAD

• Richards – Lawrence O. – Guia do leitor da Bíblia – Editora CPAD – 8ª Edição/2009

Colaboração para Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva

Copyright © 2003 - 2020 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.