Davi, sentimentos inteligentes

Imprimir

NEY GOMES*

 

DAVI. SENTIMENTOS INTELIGENTES

Curiosamente o capítulo 17 de I Samuel é recheado de perguntas. Começa com a famosa pergunta de Golias, aquela que ainda ecoa pela eternidade. Tem a pergunta de Jessé, viva ainda no coração dos pais que amam seus filhos. Depois tem a juvenil pergunta de Davi, seguida por aquela feita por seu irmão Eliabe, sem um pingo de fraternidade. Temos mais uma pergunta de Golias a Davi e coroando a lista, Saul e sua pergunta cheio de espanto.

Davi lutou com Golias por perceber que isso teria três excelentes resultados. Ele descobriu isso com a resposta que recebeu dos soldados. Davi tinha sentimentos inteligentes e por causa deles tomava decisões rápidas quando enxergava por intermédio deles, vantagens seguras.

“E diziam os homens de Israel: Vistes aquele homem que subiu? Pois subiu para afrontar a Israel; há de ser, pois, que, o homem que o ferir, o rei o enriquecerá de grandes riquezas, e lhe dará a sua filha, e fará livre a casa de seu pai em Israel. (...) Quem é, pois, este incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo? ”

(I Sm 17. 25, 26 – Trechos).

Vencer Golias, identificou Davi, derramaria sobre sua cabeça três excelentes resultados:

1. PARA SI PRÓPRIO – “pois, que, o homem que o ferir, o rei o enriquecerá de grandes riquezas, e lhe dará a sua filha...”. A Bíblia não é dona de uma teologia que aponte pobreza como virtude. Verdade também é que riqueza apenas por ser riqueza também não é sinônimo de divino (Pv 19. 17). Mas ninguém deve dar janta ao próximo ao custo de sempre ter de vender seu próprio almoço. Um adágio popular diz que ‘um homem é pago por sua raridade’. Ninguém deveria ficar constrangido em obter algum conforto por ter talento raro: “E Jônatas se despojou da capa que trazia sobre si, e a deu a Davi, como também as suas vestes, até a sua espada, e o seu arco, e o seu cinto”. (18. 4/I Rs 17. 11- 15)

2. PARA PESSOAS QUE AMAMOS – “... e fará livre (de impostos) a casa de seu pai em Israel...”. A fantástica herança de Davi para seu filho Salomão foi afetiva. Basta ver como é frequente nos provérbios a questão familiar, de honra e de compromisso. Davi ensinou a Salomão que ninguém é uma ilha (Pv 14. 20, 21) e que uma pessoa que não luta pelo bem de outros deve ser olhada com cautela (Pv 19. 26/18. 1). Nos é suficiente lembrar que Davi foi duramente atingido naquilo que ele mais prezava, pela maldição que buscou junto a Bate-Seba. Desde Rute, passando por Jessé, Davi é um homem que pensa com seu coração. E pessoas inteligentes de verdade costumam serem vistas nessa estrada.

3. PARA O SENHOR DEUS – “Quem é, pois, este incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?”. O amor de Deus é incondicional, Seus planos não! Israel deveria continuar a existir. E todo aquele que fosse contra isso, contra a liberdade dessa ideia, afrontava a vontade declarada de Deus! Pelo mesmo sentimento, Paulo, apóstolo, lutou muitas batalhas. Esse sentimento, ele se esforçou para confiar a Timóteo, seu filho do coração. Um pastor que tive quando era garoto sempre me dizia: “Ney, Deus não precisa de advogado! ”. Mas nunca me explicou por que todos os advogados têm um “Vade Mecum” (Do latim “Vem Comigo”). Não se trata de precisar, e sim de escolher! Davi, Daniel (e seus amigos), Paulo, Estevão, Timóteo e outros escolheram Deus. Mas isso nunca fez nada ficar mais fácil! Hoje sei!

Saber pelo que lutar faz de Davi um soldado excepcional! Esses três resultados validaram quase todas as suas lutas pela vida (II Tm 2. 3, 4). E essas lutas não precisam ter os três elementos aqui descritos, não necessariamente nessa ordem. Mas para o bem da verdade, uma dessas deve estar presente, sempre! Por que há muitos que vivem ser saber para quê, para quem e por quem! “Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu venho a ti em nome do SENHOR dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado. Hoje mesmo o SENHOR te entregará na minha mão, e ferir-te-ei, e tirar-te-ei a cabeça...” (vs. 45, 46)

Ney Gomes. 28/03/2019. - [email protected]

"Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo." 1 Timóteo 4.10

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - PR. NEY GOMES