Lição 8 - Governador, eu?

Imprimir

ASSEMBLEIA DE DEUS – MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO-SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2019

Primários- Conhecendo a história do filho que escolheu fazer o que é certo.

COMENTARISTA: TATIANA COSTA

COMENTÁRIO: PROF. MATHEUS ARAÚJO DA SILVA

LIÇÃO Nº 8 – GOVERNADOR, EU?

Quando colocamos em dúvida o Espírito de Deus em nossas vidas, tendemos por nos afastar mais de Deus e estamos mais suscetíveis a erros. Não se engane! Ninguém entre nós é forte o bastante para resistir sem o Senhor! Devemos aceitar nossa dependência de Deus, e confiar nEle em toda e em qualquer situação. Porém não adianta colocarmos nossa confiança em Deus e então cruzar os braços: devemos nos preparar para o desígnio do Senhor em nossas vidas.

José se preparou e se manteve íntegro durante todo o período de humilhação na prisão, e então no dia de sua exaltação, José estava pronto para continuar cumprindo o desígnio de Deus na sua vida.

Apesar de sua fé em Deus, José produzia frutos; isto prova a fé.

Não obstante, o que dizer sobre confiar e não planejar?

Suponhamos que quero passar por uma prova difícil. Este é um exemplo simples. Se eu oro a Deus e peço a Sua direção e iluminação, mas não me preparo estudando, como poderei ter êxito?

Objetivo

Assegurar aos alunos que Deus tem permitido certas situações em nossas vidas porque Ele tem planos para o nosso bem, e não para o nosso mal.

É interessante ressaltar que o que ensinamos deve antes estar em nossos corações para que faça efeito em seus alunos. Quando você crer no que estiver falando, as suas palavras terão efeito. Assim era com Cristo. Ele ensinava e vivia de acordo com seu ensino e era isso que cativava as multidões! As pessoas se encantavam e ainda se encantam com Suas palavras, pois eram verdadeiras. Devemos tomar Seu exemplo e viver aquilo que falamos. Naquilo que queremos exigir dos outros, devemos ser irrepreensíveis!

Nesta idade, as suas crianças passam a questionar-se. Questionar comportamentos, e se nós não servimos de exemplo, acabaremos envergonhados, e pior: envergonhar o Nome do Senhor!

Memória em Ação

“Um homem em quem está o Espírito de Deus (Gn 41.38b)”

Faça um jogo de caça-ao-tesouro.

Que cada criança tenha uma Bíblia nas mãos para encontrar o versículo. Indique onde está o tema e deixe que eles encontrem. Conforme o tempo passar, se nenhuma das crianças encontrarem dê dicas (ex: está no AT, no Pentateuco, no Gênesis etc)

Premie o primeiro a encontrar. A recompensa fica sob seu critério.

Explorando a Bíblia

Comece relembrando os pontos principais da história de José.

Durante uma noite conturbada, o Faraó teve sonhos esquisitos. Em seu sonho haviam sete vacas gordas que comiam no pasto. Mas de repente sete vacas magrelas surgiram e engoliram as vacas gordas. O sonho continuou, e quando o faraó acordou, estava muito assustado e irritado. Então mandou chamar todos os homens do Egito para que explicassem o significado deste sonho. Porem nenhum deles conseguiu! O Faraó ficou muito irritado e ordenou que matassem todos os sábios e adivinhos.

O Faraó estava muito, muito bravo.

Então o copeiro disse:

- Das minhas faltas me lembro hoje! Senhor faraó, quando eu estava preso por ter te ofendido, eu conheci um rapaz hebreu na prisão que interpretava sonhos. Ele dizia que era Deus quem dava-lhe a revelação... Se nós temos um homem em que está o Espírito de Deus, de que mais precisamos? Ele atenderá de o senhor chamá-lo.

- E a interpretação que o hebreu deu, se cumpriu? – disse o faraó.

- Sim, exatamente igual às suas palavras.

- Pois chamem-no.

Então o faraó ordenou que José se apresentasse a ele. Quando José soube que ia se encontrar com o rei, ele se barbeou, se preparou e se apresentou a faraó (note que José respeita e ajuda até mesmo aqueles que são indiferentes ao seu sofrimento).

- Você é José, servo hebreu de Potifar?

- Sim, senhor. Sou eu.

- Eu tive um sonho. Você pode interpretá-lo?

- Eu não posso.

- Como é? – o rei irritou-se mais ainda.

- Eu não posso interpretá-lo, mas Deus pode.

O faraó contou seu sonho a José, exatamente como tinha sido.

- Senhor faraó, estou surpreso! O que o Senhor Deus vai fazer, Ele revelou ao senhor. As sete vacas gordas são sete anos em que haverá fartura! A terra produzirá o seu melhor e o Egito terá muita comida!

O faraó sorriu, mas rapidamente continuou:

- E as sete vacas magras que comeram as gordas?

- O que Deus vai fazer Ele anunciou ao senhor, faraó!

Estas sete vacas magras que comeram as gordas são sete anos de miséria, fome e dor em que a terra não dará comida. Senhor rei, se o senhor me permite gostaria de sugerir e advertir. Isto acontecerá logo! Por isso escolha um homem em que o senhor confie, que tenha habilidades de administração para que não falte comida no período de fome!

Faraó, sorrindo, se virou para seus servos e todos os que estavam no salão:

- Poderíamos achar um homem como este, em que haja o Espírito de Deus? Oras, José, se Deus está do seu lado e te revelou isso tudo, de quem mais eu preciso? Não tem ninguém mais sábio e entendido como você. Você cuidará da minha casa, do meu povo, e acima de você, só haverá eu. Você mandará sobre todo mundo exceto eu.

Então começou: vieram sete anos de fartura, onde José construiu cidades em que se guardava comida, e se preparou pra fome. Nos sete anos de fome, todo o povo tinha comida pra comer e nenhum egípcio teve fome.

Deus proveu de tal forma que teve excesso de comida, o que permitiu que o Egito vendesse os alimentos para os povos vizinhos que também foram atingidos pela fome.

É incrível a maneira que Deus tem de agir. E apesar do sofrimento de José, mediante isso, muitas pessoas, milhares de pessoas, foram salvas da morte. Ele é maravilhoso em Sua Fidelidade!

Oficina Criativa

Usando um modelo em folha de sulfite padrão, construa uma pirâmide em 3D, explicando que as Pirâmides de Gizé são as mais conhecidas do Egito!

Que o Senhor Jesus Cristo nos abençoe, nos guie e nos mantenha firmes e unidos! Que o Deus de toda paz venha vos confortar e fortalecer.

Até a próxima aula!

Colaboração para o Portal Escola Dominical - Profª. Jaciara da Silva