Reflexões

Ajuntadores de significado

NEY GOMES*

AJUNTADORES DE SIGNIFICADO

O SENHOR estava construindo uma nação, que abrigaria e daria identidade ao Salvador de toda terra, de todos os homens, em todos os tempos. Isso não era uma coisa que poderia ser construída com homens comuns. Os Hebreus, apesar de caminharem juntos, sob a liderança de Moisés, ainda estavam muito distantes uns dos outros em seus corações (Fl 2. 4, 5). Em seus corações e entendimentos, eles ainda eram escravos, e escravos, apenas sobrevivem, um dia após o outro, sem jamais pensar no futuro.

O passado não é uma boa caneta para descrever o futuro. Não é um bom tecido para roupas novas. Quem descreve o futuro precisa ter seu passado resolvido, sentimentos sarados, emoções curadas (Rm 8. 1). Por que tudo aquilo que não resolvemos aparece na composição do vamos construir. Cazuza, pontual profeta de nossos tempos, em sua música dizia: “Eu vejo o futuro repetir o passado, um museu de grandes novidades...”. Como os Hebreus, nós brasileiros, ainda temos ‘passados’ mau resolvidos. E a ‘Lava-Jato’ vem para não nos deixar esquecer isso!

Líderes verdadeiros veem com antecedência o futuro que Deus deseja entregar ao seu povo. São capazes de descrever perfeitamente o que Deus quer, por que em seus passados, todas as dores foram resolvidas. Mas como descobrir quem são eles? Ora, para isso existem os ‘testes’. Se os Hebreus estavam até ali carregando o passado, poderiam sob uma liderança certa carregar um futuro. Se atrapalhava o passado, os ajudaria o futuro. Por que não adianta entregar o futuro para quem não tem passado resolvido.

Às vezes, precisamos apenas de mentores novos, para aproveitar melhor velhos espaços. E ‘revelar’ novos mentores é o que Deus queria com a história dos ‘espias’. O hoje é apenas uma embalagem; um vasilhame que aceita o que você quiser colocar dentro. Você pode resolver por guardar passado, ou mantê-lo sem nada, para o que poderá encontrar pela frente. O problema do passado é que ele espalha. Emoções gerenciadas por passado espalham e destroem destinos programados. Logo, Moisés e todo o povo saberiam quem seriam as pessoas que transformariam aquelas tribos numa nação única.

Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - PR NEY GOMES

* Pastor auxiliar da Comunidade Evangelística Internacional em Casemiro de Abreu/RJ

Copyright © 2003 - 2018 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.