Primário

Lição 11 - Uma situação complicada

ASSEMBLEIA DE DEUS – MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO-SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2017

Primários- Conhecendo a história do filho que escolheu fazer o que é certo.

COMENTARISTA: TATIANA COSTA

COMENTÁRIO: PROF. MATHEUS ARAÚJO DA SILVA

LIÇÃO Nº 11 – UMA SITUAÇÃO COMPLICADA

O mesmo homem que liderou o complô contra o próprio irmão foi o que ofereceu sua liberdade tempos depois.

Judá havia convencido os irmãos a vender José. Muitos anos depois, ele oferece a própria vida para que Benjamin pudesse ser livre.

Não parece ser o mesmo homem, porém o Senhor transforma caráter.

Objetivo

Conscientizar o aluno de que Deus deseja mudar a nossa mente através do seu amor e poder.

Memória em Ação

“É preciso que o coração e a mente de vocês sejam completamente renovados (Ef 4.23)”

Escreva cada palavra (ou frases curtas) do versículo em tiras de papel criativo ou cartolina e cole um pedaço de flanela ou velcro, atrás de cada tira, para que fique presa ao flanelógrafo. Antes da aula, esconda alguns pedaços de feltro ou papel, embaixo das tiras do versículo. À medida que a classe repetir o versículo, chame uma criança para remover uma tira do versículo. Se houver um pedaço de feltro embaixo da tira escolhida, a criança terá de recitar o versículo sozinha. Caso contrário, a classe repetirá o versículo. A criança que estiver na frente, escolhe o próximo participante. Para tornar a atividade ainda mais interessante, escreva instruções nos pedaços de papel que ficarão escondidos, atrás das tiras do versículo. Por exemplo: · Recite o versículo inteiro ·

Escolha uma pessoa para recitar o versículo · Os meninos terão de recitar o versículo ·

As meninas terão de recitar o versículo · Os professores terão de recitar o versículo · Quem tiver irmã, terá de recitar o versículo · Quem faz aniversário no (mês), terá de recitar o versículo · Quem usa óculos, terá de recitar o versículo Cada vez que o versículo for recitado, chame uma criança para remover uma tira e escolher o próximo participante. Use os versículos das lições estudadas ou alguns dos sugeridos, no fim deste livro.

(http://www.vidanova.com.br/imgextras/trecho_52memorizar.pdf)

Explorando a Bíblia

José deu as seguintes ordens ao administrador de sua casa: "Encha as bagagens desses homens com todo o mantimento que puderem carregar e coloque a prata de cada um na boca de sua bagagem.

Depois coloque a minha taça, a taça de prata, na boca da bagagem do caçula, juntamente com a prata paga pelo trigo". E ele fez tudo conforme as ordens de José.

Assim que despontou a manhã, despediram os homens com os seus jumentos.

Ainda não tinham se afastado da cidade, quando José disse ao administrador de sua casa: "Vá atrás daqueles homens e, quando os alcançar, diga-lhes: Por que retribuíram o bem com o mal?

Não é esta a taça que o meu senhor usa para beber e para fazer adivinhações? Vocês cometeram grande maldade! "

Quando ele os alcançou, repetiu-lhes essas palavras.

Mas eles lhe responderam: "Por que o meu senhor diz isso? Longe dos seus servos fazer tal coisa!

Nós lhe trouxemos de volta, da terra de Canaã, a prata que encontramos na boca de nossa bagagem. Como roubaríamos prata ou ouro da casa do seu senhor?

Se algum dos seus servos for encontrado com ela, morrerá; e nós, os demais, seremos escravos do meu senhor".

E disse ele: "Concordo. Somente quem for encontrado com ela será meu escravo; os demais estarão livres".

Cada um deles descarregou depressa a sua bagagem e abriu-a.

O administrador começou então a busca, desde a bagagem do mais velho até a do mais novo. E a taça foi encontrada na bagagem de Benjamim.

Diante disso, eles rasgaram as suas vestes. Em seguida, todos puseram a carga de novo em seus jumentos e retornaram à cidade.

Quando Judá e seus irmãos chegaram à casa de José, ele ainda estava lá. Então eles se lançaram ao chão perante ele.

E José lhes perguntou: "Que foi que vocês fizeram? Vocês não sabem que um homem como eu tem poder para adivinhar? "

Respondeu Judá: "O que diremos a meu senhor? Que podemos falar? Como podemos provar nossa inocência? Deus trouxe à luz a culpa dos teus servos. Agora somos escravos do meu senhor, como também aquele que foi encontrado com a taça".

Disse, porém, José: "Longe de mim fazer tal coisa! Somente aquele que foi encontrado com a taça será meu escravo. Os demais podem voltar em paz para a casa do seu pai".

Então Judá dirigiu-se a ele, dizendo: "Por favor, meu senhor, permite-me dizer-te uma palavra. Não se acenda a tua ira contra o teu servo, embora sejas igual ao próprio faraó.

Meu senhor perguntou a estes seus servos se ainda tínhamos pai e algum outro irmão.

E nós respondemos: Temos um pai já idoso, cujo filho caçula nasceu-lhe em sua velhice. O irmão deste já morreu, e ele é o único filho da mesma mãe que restou, e seu pai o ama muito.

"Então disseste a teus servos que o trouxessem a ti para que os teus olhos pudessem vê-lo.

E nós respondemos a meu senhor que o jovem não poderia deixar seu pai, pois, caso o fizesse, seu pai morreria.

Todavia disseste a teus servos que se o nosso irmão caçula não viesse conosco, nunca mais veríamos a tua face.

Quando voltamos a teu servo, a meu pai, contamos-lhe o que o meu senhor tinha dito.

"Quando o nosso pai nos mandou voltar para comprar um pouco mais de comida,

nós lhe dissemos: Só poderemos voltar para lá, se o nosso irmão caçula for conosco. Pois não poderemos ver a face daquele homem, a não ser que o nosso irmão caçula esteja conosco.

"Teu servo, meu pai, nos disse então: ‘Vocês sabem que minha mulher me deu apenas dois filhos.

Um deles se foi, e eu disse: Com certeza foi despedaçado. E até hoje, nunca mais o vi.

Se agora vocês também levarem este de mim, e algum mal lhe acontecer, a tristeza que me causarão fará com que os meus cabelos brancos desçam à sepultura’.

"Agora, pois, se eu voltar a teu servo, a meu pai, sem levar o jovem conosco, logo que meu pai, que é tão apegado a ele,perceber que o jovem não está conosco, morrerá. Teus servos farão seu velho pai descer seus cabelos brancos à sepultura com tristeza.

"Além disso, teu servo garantiu a segurança do jovem a seu pai, dizendo-lhe: Se eu não o trouxer de volta, suportarei essa culpa diante de ti pelo resto da minha vida!

"Por isso agora te peço, por favor, deixa o teu servo ficar como escravo do meu senhor no lugar do jovem e permite que ele volte com os seus irmãos.

Como poderei eu voltar a meu pai sem levar o jovem comigo? Não! Não posso ver o mal que sobreviria a meu pai".

(Gênesis 44:1-34)

Deus nos melhora sempre que deixamos! Ensine suas crianças, fortalecendo-as, dizendo que não devemos perguntar Por que, Deus? Mas sim O que o Senhor quer que eu aprenda? Diga que todo dia na vida cristã é um desafio, em que temos que ser melhores que no dia anterior. É isso a santificação e perfeição. São coisas simples. Jesus não ensinou coisas difíceis de entender, mas sim palavras duras pra quem não quer deixar sua zona de conforto. Ensine-os a saber sacrificar quando for necessário, a ter amor e lealdade pelos seus irmãos, companheiros de fé e amigos. São valores extremamente importantes e raros atualmente.

Oficina Criativa

Produza um desenho feito completamente de linhas e pontos, como uma litografia;

Ao Mestre

Não encare seus alunos como pesos, ou como desafios. Mas como pessoas que o Senhor quer aperfeiçoar e trabalhar no caráter. Conheça a cada um pessoalmente, seus gostos, seus desgostos, e ajude-os a serem bons homens, mulheres de respeito.

O Senhor te recompensará pelo seu amor e esforço. Da mesma maneira que cobrará de você o que você podia ter feito e não fez!

Que o Senhor lhe abençoe, fortaleça e lhe mostre Sua face.

Até a próxima aula!

Colaboração para o Portal Escola Dominical - Prof. Matheus Araujo da Silva

Nossos Canais

  • Portal Escola Dominical
  • Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
    

Quem está online?

Temos 105 visitantes e Nenhum membro online

Copyright © 2003 - 2017 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.