Juvenis

Lição 3 - O crente e os movimentos sociais II

CASA PUBLICADORA DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2018

Juvenis: Questões difíceis de nosso tempo

COMENTARISTA: ADRIANO LIMA

COMENTÁRIO: PROF.ª PAULA RENATA SANTOS

LIÇÃO Nº 3 – O CRENTE E OS NOVIMENTOS SOCIAIS

ESBOÇO DA LIÇÃO

1. ORANDO PELOS GOVERNANTES

2. MOVIMENTOS SOCIAIS?

3. UM DEUS QUE AMA A JUSTIÇA

OBJETIVOS

Compreender que temos que orar pelos governantes;

Saber que o crente deve ter sabedoria e discernimento frente aos movimentos sociais;

Mostrar que Deus ama a Justiça.

Querido (a) professor (a), na próxima aula vamos falar sobre um assunto que está em evidência para todos os brasileiros, especialmente neste ano de eleição e debates sobre posições políticas: Movimentos Sociais.

Aconselhamos que você, professor (a), faça uma pesquisa na Internet sobre as manifestações que mais marcaram a história do nosso país, a fim de que tenha ciência de prós e contras desse tipo de movimento e possa responder bem a qualquer possível questionamento de seus alunos.

Sugerimos também que você escolha e imprima notícias de duas situações envolvendo manifestações cívicas, uma pacífica e a outra violenta. Divida a classe em dois grupos e dê-lhes um tempo para lerem e conversarem sobre as notícias. Em seguida, promova um debate entre eles, ressaltando previamente a importância de aprendermos a dialogar com pessoas de pensamentos diferentes dos nossos, discordar sem agredir, ofender, levantar a voz, etc.

É crucial em todas as esferas da sociedade essa capacidade de diálogo e debate sadio e respeitoso. Nada melhor do que os juvenis aprenderem isso o quanto antes. Por isso, leve algo como uma buzina e um cartão amarelo, para que toda vez que alguém se exceder, seja autuado. Direcione perguntas sobre o assunto a cada grupo, dando-lhes o mesmo tempo para respondê-las, com direito a réplica e tréplica.

Ao final, frise novamente que é primordial a possibilidade de diálogo com pessoas de diferentes opiniões. Aproveite a ocasião, para perguntar a opinião deles sobre amizades rompidas por causa de divergência política. Deixe que se expressem livremente e ao final, enfatize que impor idéias, conceitos e opiniões de forma tirana ou extremista não provém de Deus. Já que aprouve ao próprio Criador, mesmo detentor de todo poder para nos impor segui-lO, nos dar o livre-arbítrio, respeitando a nossa capacidade de raciocinar e optar.

Conclua dizendo que, assim como evidencia a nossa lição, podemos lutar pelos direitos das classes pobres e oprimidas. É até mesmo nosso dever moral como cristãos não se omitir, reivindicando-os. Contudo, claro, de maneira que não infrinja as leis ou desrespeite as nossas autoridades. Afinal, os fins não justificam os meios.

Exemplifique esta verdade com o exemplo das diferenças entre o pastor Martin Luther King Jr. e o ativista que ficou conhecido como Malcolm X. Na década de 1960 ambos lutavam pela mesma causa – o fim da segregação racial nos EUA e igualdade de direitos civis e respeito para pessoas negras no mundo. Porém, um escolheu o caminho da ética, paz e amor ao próximo, enquanto o outro de ações radicais e violentas. Até hoje o pastor protestante, mesmo tendo sido assassinado por causa de seus ideais, é um dos homens mais admirados e merecidamente honrados por suas conquistas humanitárias, nos EUA e no mundo.

Para intensificar o aprendizado acerca de tudo quanto foi dito, seria interessante passar como trabalho de casa, uma pesquisa acerca das diferenças de estratégias desses dois ativistas sociais. O exercício pode valer uma premiação, de acordo com suas possibilidades.

O Senhor lhe abençoe e capacite! Boa aula.

Fonte: http://www.escoladominical.com.br/home/licoes-biblicas/subsidios/juvenis/879-li%C3%A7%C3%A3o-3-o-crente-e-os-movimentos-sociais.html Acesso em 12 abr. 2018

Copyright © 2003 - 2018 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.