Juvenis

Lição 3 - Os símbolos da Igreja nas Escrituras II

CASA PUBLICADORA DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

QUARTO TRIMESTRE DE 2017

Juvenis: Igreja, o corpo de Cristo

COMENTARISTA: JAMIEL LOPES

COMENTARISTA: PROFª PAULA RENATA SANTOS

LIÇÃO Nº 3 – OS SÍMBOLOS DA IGREJA NAS ESCRITURAS

ESBOÇO DA LIÇÃO

1. A IGREJA SIMBOLIZADA COMO NOIVA DE CRISTO

2. A IGREJA SIMBOLIZADA COMO O TEMPLO DE DEUS

3. A IGREJA SIMBOLIZADA COMO CORPO DE CRISTO

OBJETIVOS

Falar sobre o papel da Igreja como Noiva de Cristo;

Refletir sobre o papel da Igreja enquanto Templo de Deus;

Discutir sobre a unidade da Igreja como Corpo de Cristo.

Querido (a) professor (a), nesta próxima lição você ensinará seus alunos acerca dos fortes símbolos que representam a Igreja do Senhor.

A simbologia na Bíblia é importante para ampliar o nosso entendimento humano acerca de coisas espirituais, transcendentes, que de tão elevadas, por vezes, faz-se necessário a utilização deste recurso para melhor compreendê-las. Por isso, desde os primórdios, o Senhor utilizava símbolos na comunicação com seu povo, inclusive quando por meio dos profetas. O objetivo principal é sempre a maior compreensão da mensagem.

É importante sempre termos em mente que um bom mestre não é aquele que fala “bonito”, usa palavras rebuscadas, difíceis, cuja maioria dos ouvintes nem mesmo conhece o significado. Ao contrário, o nosso próprio Rabi Jesus Cristo, o Mestre dos mestres, detentor do conhecimento de todas as coisas nos deu exemplo de genuína sabedoria ao ensinar às pessoas usando a linguagem simples delas, elementos de sua rotina acessíveis a sua compreensão. Por isso, não poucas vezes utilizou as parábolas.

Muitos palestrantes e professores buscam somente o aplauso, o status, admiração de sua platéia, de sua turma, não o enriquecimento intelectual e espiritual da mesma. Isto é lamentável. Em todos os ministérios, sobretudo no do ensino, é preciso constantemente avaliar e mortificar o próprio ego; lembrar que somos apenas servos da voz do Altíssimo. Que Ele cresça e somente a Ele sejam toda a glória e todo o louvor, através da realização do nosso trabalho com eficiência, zelo, humildade e temor.

O símbolo é aquilo que se coloca no lugar de alguma coisa, ou a representa. Trata-se de um objetivo visível ou a representação de um processo, idéia ou a qualidade de um outro objeto. Os símbolos são diferentes dos tipos no sentido de que geralmente eles não são pré-figurativos, mas representam coisas que realmente existem. Etimologicamente falando, a palavra “símbolo” pode ser identificada com a palavra grega sumballein que significa lançar ou juntar, por exemplo, com a finalidade de fazer uma comparação. Em uma de suas formas esse termo refere-se aos dois lados de uma moeda ou outro objeto semelhante onde qualquer das partes separou-se, dando, portanto, a idéia de um “sinal” ou símbolo.

Nas Escrituras, o símbolo geralmente aparece sob a forma de objetos literais e sempre denota alguma coisa diferente. Candelabros ou castiçais, oliveiras, animais selvagens, cavalos, árvores, pássaros e pedras são alguns exemplos de objetos usados como símbolos. Eles são objetos vistos pelos profetas, mas naturalmente representam alguma outra coisa. Os símbolos sugerem idéias e conceitos ao invés de declará-los. Existe geralmente algum conceito paralelo entre o símbolo e aquilo que ele está simbolizando. (PFEIFFER, Charles F., VOS, Howard F., REA, John. Dicionário Bíblico Wycliffe. Rio de Janeiro: CPAD, 2006, p. 1818-1819).

O Senhor lhe abençoe e capacite! Boa aula!

Fonte:http://licoesbiblicas.com.br/index.php/2014-11-13-19-35-17/subsidios/juvenis-subsidios/915-licao-38.html Acesso em 10 out. 2017

Copyright © 2003 - 2017 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.