Juniores

Lição 4 - Felizes os que choram

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

QUARTO TRIMESTRE DE 2018

Juniores: Servindo a Deus com alegria

COMENTARISTA: DÉBORA MACHADO

COMENTÁRIO: PROFª. JACIARA DA SILVA

LIÇÃO Nº 4 – FELIZES OS QUE CHORAM

Objetivo

Professor (a) ministre sua aula de forma que ao término, seu aluno reconhecer que o choro de arrependimento resulta em alegria e paz.

Memorizando

“Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados." (Mt 5.4– NVI).

Texto bíblico em estudo: Lc 6.21b; Mt 26.69-75

Felizes os que choram

<p.“Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados”: chorar biblicamente é o pesar do arrependimento, é chorar pelos meus pecados; ser sensível à voz de Deus; e às reais necessidades dos outros.

Esta segunda bem-aventurança nos leva ao quebrantamento, não é autocomiseração, ou de tristeza egocêntrica. Mas é quebrantar-se com “tristeza segundo Deus” (2 Co 7.10), em razão de nosso próprio pecado.

- Obedecer resultará em: Vida com propósito; orações respondidas.

- Desobedecer resultará em: Falta de visão (Pv 29.18); Espírito insensível, frívolo (Ef 5.4); Orações não respondidas (Tg 4.2,3)

O arrependimento de Pedro

Quando uma pessoa se arrepende está mostrando humildade, e então o Espírito Santo Se incumbe de fazer o resto. Isto aconteceu com o apóstolo Pedro, que era zeloso, mas orgulhoso de si mesmo.

Ele tinha consciência do que realizava no Reino de Deus; por isso, sempre queria ter razão e ser o primeiro a se manifestar diante do Senhor. Ele recebera a revelação de que o Senhor Jesus era o Filho do Deus Altíssimo, deixou o seu coração pensar que era maior que os demais.

Quando, porém, o Senhor Jesus disse o que iria passar em Jerusalém, Pedro imediatamente se manifestou como conselheiro, tentando dissuadi-Lo da ideia de ir até lá.

Foi quando o Senhor lhe disse: "... Afasta-te Satanás! Tu és para Mim pedra de tropeço, porque não compreendes das coisas de Deus, e sim das dos homens". (Mt 16.23)

Quando Jesus foi preso, ele negou o Senhor por três vezes (Mt 26; Mc 14; Lc 22; Jo 18). E quando foi que Pedro se arrependeu? Quando se lembrou das palavras do Senhor Jesus:

"Então, voltando-Se o Senhor, fixou os olhos em Pedro, e Pedro se lembrou da palavra do Senhor, como lhe dissera: Hoje, três vezes Me negarás, antes de cantar o galo. Então, Pedro, saindo dali, chorou amargamente." (Lc 22.61,62)

Pedro chorou amargamente, mostrando assim arrependimento.E sua vida realmente mudou.

As duas ordens finais do Senhor à igreja em Sardes são: "guarda-o e arrepende-te". Mas o que devemos guardar? A Palavra de Deus!

Conclusão

Em João 21 de 15 a 17, Jesus já ressurreto, pergunta a Pedro por três vezes: “Pedro, tu me amas?”. Pedro responde que amava Jesus. É como se Jesus perguntasse: “Pedro, você me ama?” e Pedro respondesse: “Sim Jesus, eu gosto de você.

Pedro sabia que não era isto que Jesus queria ouvir dele, e na terceira vez que Jesus pergunta ele responde: “Senhor, tu sabes tudo. Tu sabes que eu gosto de você”. Era uma resposta sincera, vinda do fundo de um coração arrependido de ter negado o Mestre.

Pedro cumpriu fielmente sua designação por muitos anos. Ele fortaleceu seus irmãos, assim como Jesus havia ordenado na véspera de sua morte. Pedro era amoroso e paciente ao pastorear e alimentar os seguidores de Cristo. O homem chamado Simão viveu à altura do nome que Jesus tinha lhe dado — Pedro, ou Rocha —, tornando-se uma força estável, poderosa e confiável para a congregação. Isso pode ser visto muito bem nas duas cartas calorosas que Pedro escreveu e que se tornaram dois livros valiosos da Bíblia.

Colaboração para Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva.

Copyright © 2003 - 2018 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.