Get Adobe Flash player
Seg, 07 de Abril de cyalis levitra market sales viagra 2014 13:23

2º Trim. 2014 - Lição 2 - O propósito dos dons espirituais I

Escrito por  Caramuru Afonso Francisco

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2014

DONS ESPIRITUAIS E MINISTERIAIS: servindo a Deus e generic viagra 25mg aos homens com poder extraordinário

COMENTARISTA: ELINALDO RENOVATO DE LIMA

COMENTÁRIOS - EV. CARAMURU AFONSO FRANCISCO

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SEDE - SÃO PAULO/SP

 

 

                                                                                                          

 

ESBOÇO Nº 2

LIÇÃO Nº 2 – O PROPÓSITO DOS DONS ESPIRITUAIS

                                               Os dons espirituais têm o propósito de edificação, exortação e consolação da Igreja.

INTRODUÇÃO

- Dando início ao estudo dos dons espirituais, que constitui o primeiro bloco do trimestre, estudaremos o seu propósito.

- Os dons espirituais têm o propósito de edificação, exortação e consolação da Igreja.

I – DEUS É UM DEUS DE PROPÓSITO

- Depois de termos visto em linhas gerais que são e o que representam os dons para a Igreja, passaremos ao estudo dos dons, sendo que o primeiro bloco do trimestre, que envolve as lições 2 a 5, tratará dos dons espirituais, entendidos estes como os dons dados pelo Espírito Santo particularmente aos membros do corpo de Cristo para a manifestação do que for útil, para a edificação, exortação e consolação da Igreja (I Co.12:7-11).

- O apóstolo Paulo, ao dissertar a respeito dos dons espirituais, traz este ensino para uma igreja local que estava acostumada ao exercício destes dons, pois a igreja em Corinto é a única que é mencionada nas Escrituras como sendo uma igreja local em que dom algum faltava (I Co.1:7).

- Isto já nos mostra com clareza que, além da busca e do exercício dos dons, é fundamental que a igreja local não seja ignorante a respeito deles, ou seja, saiba efetivamente porque e para que o Espírito Santo entrega dons para a Igreja, a fim de que se cumpra o propósito para eles estabelecido pelo próprio Senhor.

- Tal posicionamento do apóstolo Paulo, que não queria que houvesse ignorância a respeito dos dons espirituais (I Co.12:1) já desmonta a tese de muitos que cristãos se dizem ser que, dizendo-se “espirituais”, são anti-intelectualistas e arredios ao estudo das Escrituras, considerando que, “em havendo poder de Deus”, tudo estará resolvido e que não é necessário exercer uma fé racional e equilibrada, consoante os parâmetros estatuídos na Bíblia Sagrada.

- A igreja em Corinto, apesar de compare zenerx with viagra ter todos os dons, o que é bom e jamais foi alvo de qualquer crítica ou censura por parte do apóstolo Paulo que, bem ao contrário, ensinava os coríntios a buscar com zelo os dons espirituais (I Co.14:1), tinha grandes e viagra prices cvs gravíssimos problemas e um dos fatores que ocasionavam estas imensas dificuldades estava, precisamente, a ignorância com relação aos dons espirituais.

Para continuar a ler o artigo CLIQUE AQUI