Jovens e Adultos Betel

Lição 11 - Jovens e Adultos - Betel - A soberba precede a ruína II

ASSEMBLEIA DE DEUS - PORTO VELHO/RO

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2017

Jovens e Adultos - Betel - Jeremias: Deus convoca Seu povo ao arrependimento

COMENTARISTA: CLEMENTINO DE OLIVEIRA BARBOSA

COMENTÁRIO: EV. CLAÚDIO ROBERTO DE SOUZA

LIÇÃO Nº 11 – A SOBERBA PRECEDE À RUÍNA

...

INTRODUÇÃO

Vivemos em um tempo onde a valorização da imagem pessoal é extremamente relevante para o homem e a mulher modernos. Até podemos caracterizar como marketing pessoal.

Para realizar a propaganda pessoal, deve-se falar de si mesmo ou de seus atos, no caso do cristão, suas obras. Não há condenação quanto a isso quando visamos a glória de Deus, mas de qualquer forma o apóstolo Paulo, na ocasião em que defendeu o seu apostolado contra os seus opositores de Coríntios, iniciou expressando: “Outra vez digo: ninguém me julgue insensato ou, então, recebei-me comoinsensato, para que também me glorie um pouco. O que digo, não o digo segundo o Senhor, mas, como por loucura, nesta confiança de gloriar-me. Pois que muitos se gloriam segundo a carne, eu também me gloriarei” (II Co 11.16-18) (grifo meu). Paulo menciona que proceder assim, é loucura, insensatez e carnalidade.

Haviam naquela comunidade cristã, falsos apóstolos, afastados de sua fidelidade a Cristo. No afã de proteger não somente o rebanho contra os tais, mas também de defender a sua chamada e vocação apostólica, Paulo se dirige aos irmãos de Coríntios, rogando para que suportem o seu estilo auto religioso, usando do expediente da carne (ironia) como eles fizeram para se vangloriar.

Os autores do Comentário Beacon, afirmam que ao utilizar a palavra “loucura” (tolice), Paulo alerta seus ouvintes (cf. II Co 16-17,19,21; 12.6,11 ) que ele está, agora, debatendo como se “tivesse os mesmos motivos egoístas e a mesma percepção terrena de seus oponentes”. A “loucura” do apóstolo é estimulada pelo fato de que ele é zeloso (profundamente preocupado) com eles com zelo de Deus (cf. Dt 5.9; 6.15).

Paulo continua a sua defesa afirmando: “São ministros de Cristo? (Falo como fora de mim). Eu ainda mais…” (II Co 11.23). Falar dessa maneira é, para ele, “falar como se fosse insensato”. Falo como fora de mim (insensato, “paraphroneo”) esta é uma palavra mais forte do que “aphron”, que foi traduzida como “insensato” nos versículos 16 e 19. O pensamento do apóstolo, de acordo com a sugestão de Plummer, é que “gloriar-se a respeito de um assunto tão sagrado como a obra de Cristo, é uma completa loucura”.

O melhor testemunho a nosso respeito deve vir de outros ou do próprio Deus; nunca é recomendável vir de nós mesmos.

No versículo primeiro do capítulo primeiro do livro de Jó, o escritor do livro testemunha positivamente acerca do patriarca e no versículo oito, é o próprio Deus quem dá o mesmo testemunho (Jó 1.1,8).

Se tivermos que nos gloriar que seja conforme orientou o Senhor ao profeta Jeremias e o próprio apóstolo Paulo:

Jeremias 9:24

24 Mas o que se gloriar glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o SENHOR, que faço beneficência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR. (ARC)

2 Coríntios 10:17

17 Aquele, porém, que se gloria, glorie-se no Senhor. (ARC)

O pastor Valdir Aquino Lubas considerou que para pregar o evangelho, é dispensável o marketing pessoal.

1 – A ORIGEM E PECADOS DOS MOABITAS

O povo moabita veio a existir após a destruição de Sodoma e Gomorra.

Ló e o pai dos moabitas. Sobrinho do patriarca Abraão, Ló o acompanhou quando recebeu a ordem divina para deixar a terra natal (Babilônia – Gn 12.1).

Devido as desavenças entre os pastores de Abraão e os pastores de Ló, tio e sobrinho se separaram (Gn 13.7-12).

Ló passou a habitar a região de Sodoma e Gomorra (Gn 13.11).

Deus destruiu aquelas cidades porque os clamores das vítimas daquele lugar chegavam até o céu (Gn 18.20-21).

A Bíblia relata que Ló e suas duas filhas passaram a morar em uma caverna próxima de Zoar (Gn 19.30).

A esposa de Ló parece ter se apegado aos hábitos praticados em Sodoma e Gomorra, e ao olhar para trás como quem sentia pesar pela destruição de tudo aquilo que lhe dava contentamento e prazer, foi transformada em uma estátua de sal (Gn 19.26).

O insensato Ló, usurpou o direito do seu tio Abraão de escolher primeiro a terra que deveria habitar (mesmo Abraão lhe conferindo a escolha, seria sensato, o mais novo retribuir o direito), agora passa a habitar em uma caverna!

A pergunta que se levanta depois do ocorrido é: “Como Ló teria descendentes, visto que a perpetuação do nome de uma família era extremamente importante naqueles dias?

Acerca das filhas de Ló, a Bíblia relata apenas a filha “primogênita” (a mais velha) e “a menor” (filha mais nova).

Elas embebedaram o pai e cada uma deitou-se com ele sob o pretexto de manter a semente e não permitir que o nome de seu pai fosse esquecido (Gn 19.31-36) e desta forma conceberam cada uma um filho.

O filho da primogênita foi chamado de Moabe (significa: “família de um pai, desejo”) e este tornou-se o pai dos Moabitas e da menor, foi chamado de Ben-Ami (significa: “filho do meu povo”) e foi chamado de pai dos filhos de Amon (Amonitas).

Certamente que a atitude das filhas de Ló tivera a influência da cultura e o modo de vida que aprenderam enquanto residiam em Sodoma e Gomorra, resultando em um desastroso incesto com seu pai, vindo a formar de forma ridícula dois povos – Moabitas e Amonitas, que futuramente tornaram-se inimigos do povo de Deus.

Como podemos notar, genealogicamente, os descendentes de Ló são aparentados de Israel, porém pode-se ver nitidamente também, a diferença entre o progenitor da nação de Israel (Abraão) e o seu sobrinho Ló, progenitor dos inimigos de Israel (moabitas e amonitas).

1. Abraão seguia a Deus e Ló seguia a Abraão;

2. Abraão era o portador da promessa e Ló, “caroneiro” na promessa do tio;

3. Abraão era modesto, mas Ló ambicioso;

4. Abraão andava segundo a fé, Ló pela vista;

5. Abraão era pacificador, mas Ló nada fez para aplacar a contenda, sendo ele inferior;

Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.

Fonte:https://ebdcomentada.com.br/wp/blog/betel-adulto-2o-trimestre-2017-licao-11-soberba-precede-ruina/ Acesso em 07 jun.2017.

Copyright © 2003 - 2017 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.