Jovens e Adultos Betel

Lição 12 - Jovens e Adultos - Betel - A volta da exílio e a preservação do povo de Israel

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO MADUREIRA - CATALÃO/GO

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

TERCEIRO TRIMESTRE DE 2018

Jovens e Adultos - Betel - Israel 70 anos: o chamado de uma nação e o plano divino de redenção

COMENTARISTA: CÉSAR PEREIRA ROZA DE MELO

COMENTÁRIO: EV. PAULO VITOR PEREIRA

LIÇÃO Nº 12 - A VOLTA DO EXÍLIO E A PRESERVAÇÃO DO POVO DE ISRAEL

Introdução

Um novo Êxodo estava sendo efetuados, após os setenta anos de cativeiro, Israel-Judá está sendo restaurado e seu opróbrio está sendo removido. A visitação de Deus estava completa, pois seu povo havia passado pela escola da correção. Agora seria um novo desafio: reedificar, restaurar e reunir novamente a nação.

A Reconstrução do Templo

CIRO o GRANDE, rei da Pérsia, foi sem dúvida alguma uma das figuras não israelitas mais importantes na história bíblica. Quem foi este grande rei que dominava sobre o Grande Império da Persa?

Sua Origem:

De acordo com Xenofonte (Ciropedia i. seção 2)

Ciro foi o filho mais novo de Cambises, da linhagem real dos Iranianos. Cambises, o pai de Ciro, era rei da Pérsia. (Nota: Ele pode ter adicionado a Pérsia ao seu domínio, mas de acordo com o próprio Ciro, ele era rei de Ansan ou Elão.) Até o seu 12º ano, Ciro foi educado na Pérsia, quando foi enviado para a mãe com Astyages , a quem ela imediatamente manifestou muito carinho. Astyages foi sucedido por seu filho Caixares, e Ciro então se tornou seu comandante chefe, subjugando, entre outros, os Lidianos. Ele venceu duas vezes os assírios (= babilônios), sua conquista final do país enquanto o rei da Media. Como, no entanto, o Ciropedia é um romance, os detalhes históricos não são muito confiáveis.

De Acordo com Heródoto

Várias versões de seu nascimento e ascensão ao poder foram escritas. Heródoto menciona três. Naquilo que ele cita, diz-se que Mandane era a filha do rei Mediano Astyages, que, em consequência de um sonho, predizendo o último triunfo de seu filho sobre sua dinastia, deu ela em casamento para um persa chamado Cambises, que não era um de seus companheiros. Segundo sonho, fez com que ele observasse sua prole esperada, e quando Ciro chegou ao mundo, Astyages entregou a criança ao seu parente, Harpagus, com ordens para destruí-lo. Sendo incapaz de fazer isso, ele entregou o bebê a um pastor chamado Mitradates, que, sua esposa, tendo criado um filho ainda nascido, consentiu em poupar a vida do bebê Ciro. Mais tarde, em consequência de seus atos imperiosos, Ciro foi reconhecido por Astyages, que veio a aprender toda a história e poupou-o porquê, tendo sido feito o rei por seus companheiros, os Magians realizaram as previsões sobre seu estado real final para ter sido cumprido. A vingança tomada por Astyages sobre Harpagus por sua aparente desobediência às ordens é bem conhecida: seu filho foi morto, com um veneno disfarçado, que deu-lhe para comer.

Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.

Fonte: http://paulovitorpereiraaa.blogspot.com/2018/09/licao-12-volta-do-exilio-e-preservacao.html Acesso em 12 set. 2018

Copyright © 2003 - 2018 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.