Jovens e Adultos Betel

Lição 6 - Jovens e Adultos - Betel - O temor a Deus e as atitudes coerentes

p>ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO MADUREIRA - SAMAMBAIA SUL/DF

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2018

Jovens e Adultos - Betel - Aperfeiçoamento cristão: o propósito de Deus para o discípulo de Cristo

COMENTARISTA: MARCOS SANT'ANNA DA SILVA

COMENTÁRIO: PB. LINDOVAL SANTANA

LIÇÃO Nº 5 - O TEMOR A DEUS E AS ATITUDES COERENTES

...

INTRODUÇÃO

Na interpretação do tema em estudo estaremos enfatizando que uma das distorções é ser extremista com relação ao assunto, atualmente há um grupo que banalizam o evangelho e não temem a Deus, todavia há outro que consideram Deus como sendo cruel e impiedoso pronto a castigar e punir... O nosso comentarista nos deixa bem claro o verdadeiro significado do que realmente é temer a Deus à luz das escrituras. Bom estudo! Quando analisamos este tema à luz das escrituras veremos que a atual conjuntura não facilita muito um comportamento coerente, pois somos diariamente forçados a viver como camaleões nos adaptando as mais diversas situações, na verdade somos educados para fazermos isso constantemente na carreira, no contexto familiar, na vida conjugal, na esfera social e até religioso enfim, em todas as áreas da vida... A fim de conseguirmos determinado objetivo, nós em alguns casos a ferimos profundamente nosso senso de coerência. Creio que flexibilidade é uma importante virtude que podemos e devemos cultivar, mas, no entanto, existem princípios inflexíveis que desrespeitá-los será uma das maiores violências que podemos nos imputar e o preço sobre nossa fé será devastador!

1. TEMER A DEUS: SIGNIFICADOS E VALOR

Muito entendem de forma errada a expressão “temor do Senhor” ou “temor a Deus”. Alguns dizem que seria ter medo de Deus. Apesar de um dos significados mais fortes da palavra temor ser “medo”, temer a Deus não é ter medo Dele, pois o medo nos faria fugir Dele e não aproximar-se Dele. Veja o que o apóstolo João diz a respeito do medo: “No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor.” (1 João 4.18). Ou seja, o temor a Deus citado na Bíblia não pode significar um medo de Deus que nos faça fugir Dele e nos traga tormento. Antes, é algo que nos aproxima ainda mais de Deus. Vejamos alguns significados:

1.1. Os significados e diversos sentidos da palavra temor

Temer a Deus é guardar Seus mandamentos (Dt 5.29; 6.2, 24; Ec 12.13; etc.) e Suas leis (Dt 31.12 a 28.58; ver Jr 44.10), obedecer a Sua voz (1 S. 12.14; Hag 1.12), andar diante dEle (Dt 10.12) ou nos Seus aminhos (Dt 8.6; 2 Cr 6.31), ou simplesmente servi-lo (Dt 6.13; 10.20; Js 24.14). O temor do Senhor é paralelo às ordenanças do Senhor em Sl 19.9. Em 86.11, o salmista pede a Deus que lhe ensine o caminho para que ele possa andar na Sua verdade e unir seu coração para temer o nome de Deus. O verdadeiro significado bíblico do termo é um pouco diferente do dicionário. Na verdade a expressão temor de Deus pelo ensino bíblico, além de medo e assombro, traz também consigo a ideia de “reverência” a Deus, ou seja, saber que há alguém sobre a nossa vida. O conhecimento do temor está intimamente ligado ao conhecimento de autoridade espiritual. De acordo com o comentarista da lição devemos portando estarmos atentos ao contexto no qual se encontram as palavras traduzidas por “temor” ou “temer”. Alguns sentidos de expressões hebraicas, como yãre ou môrã: “ter medo; ter grande temor; ter grande respeito por; medo”. Exemplos do termo usado como “medo” (Gn 32.11; Dt 2.25; Jn 1.10). Assim como também há exemplos no Novo Testamento do uso da palavra “temor” no sentido de “medo” (gr. deilia ou phobeo), “covardia ou timidez” (2 Tm 1.7) ou “mostrar medo reverente de homens” (Mc 6.20).

Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.

Fonte: http://www.ebd316.com/2018/05/o-temor-deus-e-as-atitudes-coerentes.html Acesso em 03 maio 2018

Copyright © 2003 - 2018 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.