Jovens e Adultos Betel

Lição 2 - Jovens e Adultos - Betel - Pecado: uma realidade humana II

ASSEMBLEIA DE DEUS - PORTO VELHO/RO

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

QUARTO TRIMESTRE DE 2017

Jovens e Adultos - Betel - Doutrinas fundamentais de Cristo: o legado da Reforma Protestante e a importância de perseverar no ensino dos apóstolos

COMENTARISTA: ABNDER DE CÁSSIO FERREIRA

COMENTÁRIO: EV. CLÁUDIO ROBERTO DE SOUZA

LIÇÃO Nº 2 - PECADO: UMA REALIDADE HUMANA

...

INTRODUÇÃO

Deus não criou homem para a perdição, mas para propósitos nobres.

O homem foi feito a sua imagem e semelhança e a ele, Deus deu o domínio de todo o restante da criação (Gn 1.26).

Havia entre o Criador e a sua mais suprema criação, um convívio harmonioso e pessoal (Gn 3.8-9), no entanto o advento do pecado colocou tudo a perder e desta forma o homem passou a viver afastado da plena comunhão com Deus e sofrendo as duras penas da sua culpa.

Cristo Jesus, é a solução proposta e aceitável por Deus para livrar o homem pecador da sua fadada condenação, pois Ele é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (Jo 1.29).

1 – O PECADO É MAIS DO QUE UM PROBLEMA

A doutrina do pecado é amplamente exposta em toda a Bíblia e ele (o pecado), não é um mero coadjuvante na história humana. Ignorá-lo é um erro grave!

O pecado não um acidente de percurso como muitos enfatizam, mas trata-se do maior transtorno que está diante do ser humano. Um “quebra-cabeça” impossível do homem resolver por si só.

A falha foi de tal magnitude que o homem foi literalmente expulso do jardim do Éden (Gn 3.23.24) e, por conseguinte, afastado da presença de Deus.

A solução do problema originado no Éden não está na capacidade de o homem solucionar, mas Deus em sua infinita graça e misericórdia, decidiu por sua própria vontade e amor, resolver a questão e somente Ele poderia fazê-lo.

Fonte: https://ebdcomentada.com.br/wp/blog/betel-adulto-4o-trimestre-2017-licao-2-pecado-realidade-humana/ Acesso em 04 out. 2017

Copyright © 2003 - 2017 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.