Adultos

Lição 2 - A beleza e a glória do culto levítico III

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SETOR 31 - ERMELINO MATARAZZO/SÃO PAULO-SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

TERCEIRO TRIMESTRE DE 2018

Adultos - Adoração, santidade e serviço: os princípios de Deus para a Sua Igreja em Levítico

COMENTARISTA: CLAUDIONOR CORREA DE ANDRADE

COMENTÁRIO: EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS

LIÇÃO Nº 2 – A BELEZA E A GLÓRIA DO CULTO LEVÍTICO

Texto: Levítico 9.15-24

Introdução: O verdadeiro culto divino não se impõe pelo ritualismo nem por sua pompa, mas pelo quebrantamento de coração e pela integridade de espírito. A glória de Deus não pode faltar.

I – O CULTO NO ANTIGO TESTAMENTO

1. Definição

1.1. O culto divino é:

. Serviço amoroso

. Serviço voluntário

. Serviço exclusivo

1.2. Deus requer culto de cada uma de suas criaturas:

. Homens

. Anjos

. Do seu povo de Israel

. Da sua Igreja

1.3. O culto divino serve para:

. Glorificar a Deus como Salvador e Senhor e mantenedor de todas as coisas (Sl 100.1; Ap 14.7)

. Esse culto divino acontece em todos os tempos e lugares.

2. Na era patriarcal

2.1. Noé foi o primeiro a cultuar (Gn 8.20)

2.2. Abraão, Isaque e Jacó também cultuaram a Deus (Gn 12.7; 26.25; 35.1-7)

3. No período de Moisés

3.1. Deus entregou a Moisés leis e instruções para um culto mais teológico (Êx 12.21-26)

3.2. Deus estabeleceu festividades como a Páscoa e o Dia da Expiação (Êx 12.14,20; Lv 23.27,28)

3.3. Todo o povo foi intimado a adorar a Deus.

4. No tempo de Davi e Salomão

4.1. No tempo de Davi

. Até a ascensão de Davi ao trono a música não era utilizada no culto divino

. Davi fortaleceu os cultos trazendo o louvor e instrumentos musicais (1Cr 15.16)

. Davi inventou diversos instrumentos musicais (1Cr 23.5; 2Cr 7.6)

4.2. No tempo de Salomão

. Enriqueceu a liturgia e a música na adoração divina (2Cr 5.1-14)

. Era cheia de beleza e arte (2Cr 5.13)

5. Após o cativeiro babilônico

5.1. Em 586 a.C., os judeus foram levados em cativeiro à Babilônia, onde permaneceram 70 anos (Jr 25.11,12)

. Nesse período a adoração divina foi praticamente esquecida (Sl 137)

5.2. Quando saíram do cativeiro, os repatriados reavivaram o culto levítico (Ne 12.22-30)

II – ELEMENTOS DO CULTO LEVÍTICO

1. Sacrifícios (1Rs 8.5)

2. Cânticos (2Cr 5.12,13)

3. Exposição da Palavra (2Cr 6.1-13)

4. Oração (2Cr 6.32,33)

5. Leitura da Palavra

5.1. Veio com Esdras e Neemias (Ne 8.1-8)

5.2. Antes disso a leitura era só nos montes Gerizim e Ebal (Dt 29)

6. Bênção

6.1. O culto era encerrado com a bênção araônica (Nm 6.22-26)

II – FINALIDADES DO CULTO LEVÍTICO

1. Adorar ao único e verdadeiro Deus

1.1. Ao adorar, Israel confessava aceitação ao único Deus e rejeição aos ídolos (Lv 19.4; Sl 86.10; 97.9)

1.2 Aprofundava sua comunhão com o Senhor (Sl 96.5)

2. Reafirmar as alianças antigas

2.1. Eles professavam as alianças que o Senhor firmara com Abraão, Isaque, Jacó e Davi (Lv 26.9,45)

2.2. Reafirmavam a fé na presença de Deus em sua vida familiar e comunal (Sl 47.9; Sl 105)

3. Professar o credo divino (Dt 6.4)

4. Aguardar o Messias

4.1. Vemos isso no livro dos Salmos (Sl 22.1-19; 16.10; 110.1-4; 2.1-8)

4.2. Um israelita que sabia a Palavra, jamais seria surpreendido pela vinda de Cristo (Lc 2.25-35)

Conclusão: Adoremos a Deus em espírito e verdade (Jo 4.24); sua glória jamais faltará (Lv 9.23,24)

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS

Copyright © 2003 - 2018 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.