Adolescentes

Lição 8 - Ouvindo os pais ou os amigos? I

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

SEGUNDO TRIMESTRE DE 2018

Adolescentes: A família cristã

COMENTARISTA: JÔNATAS PACHECO

COMENTÁRIO: JACIARA DA SILVA

LIÇÃO Nº 8 – OUVINDO OS PAIS OU OS AMIGOS?

Objetivo

Professor (a) ministre sua aula de forma que ao término, seu aluno possa entender que um amigo sincero é um presente de Deus, mas os falsos amigos nos levam à queda e a vergonha.

Para refletir

"Sou amigo de todos os que te temem e obedecem aos teus preceitos".(Sl 119.63 - NVI).

Texto Bíblico: Pv 17.6; Sl 119.63.

A verdadeira amizade te aproxima de Deus

Deus com sua infinita sabedoria nos concedeu amizades, para amenizar o sofrimento que na vida se fazem presente e como o amor nos trazem a alegria e a tristeza existem os amigos para nos trazer o equilíbrio. A vida precisa de uma mão. o ser humano necessita de um irmão a ajuda sempre vem do céu, pois Deus cada vez nos abençoa com pessoas maravilhosas e amigos especiais vão chegando, a amizade é um bem na verdade, felicidade é ter um amigo de verdade. Então nunca ande pelo mau caminho só porque o seu amigo esta andando, ore, siga em frente, e ore por ele, e não ande mais com pessoas que te enfraqueça na fé em Deus.

Amigos de verdade vão querer te aproximar de Deus, te influenciando a orar, jejuar, clamar, esperar, confiar, e sempre vai orar por você. E a verdadeira amizade cuida e clama a Deus por ti, pra sempre te guardar e te proteger. Amigos de verdade não vão deixar você se esfriar espiritualmente. Mais muita das vezes não damos valor a esses amigos. Olhe ao seu redor, ignore tudo aquilo que enfraquece sua fé... Peça ajuda a seus verdadeiros “Amigos“, mais peça ajuda pra aquele que vai mesmo te ajudar, porque aqui neste mundo também existem pessoas que nos ajuda a vencer e a confiar mais em Deus, nos dando conselhos e orando por nós.

Tem algumas amizades que nos afasta de Deus e querem te levar pra outro caminho, mais ignore e se afasta disso tudo, Deus tem coisas verdadeiras pra você na presença dele, e Ele colocará pessoas sábias ao seu redor... de valor. Tem amizades que vão querer te desviar de Deus, te enfraquecer espiritualmente, e vão querer que você faça coisas que você não fazia, por isso olhe ao seu redor, e veja o que é bom de verdade.

Pais, grandes amigos

Uma relação de cumplicidade com os filhos é o que se espera dos pais, mas é preciso ter cuidado ao serem muito amigos, para não perderem a autoridade. Pais que são permissivos demais com as crianças tendem a pagar um alto preço, pois nesses casos é possível que as crianças assumam a função de controlar, papel que deveria pertencer aos responsáveis. As crianças devem enxergar o adulto que o educa e que o acompanha como exemplo a ser seguido. Porém, os pais devem delimitar uma linha tênue em que, na necessidade de uma postura firme, a criança reconheça a autoridade dos mesmos.

De acordo com a especialista, estipular limites não é uma tarefa fácil, uma vez que os responsáveis têm medo de se tornarem severos e que isso acarrete a perda do amor de seus filhos. Mas ela afirma que a autoridade parental é algo necessário para o desenvolvimento do ser humano e, quando feita com amor, o resultado é muito melhor. Há a possibilidade dos pais serem amigos, desde que haja uma distinção entre amizade e liberdade. Tanto os pais, quanto os filhos devem ter essa consciência e respeito.

Uma aproximação entre os pais e as crianças é necessária para uma boa convivência familiar. Caso essa aproximação não seja gerada de forma natural, o primeiro passo é inserir conversas sinceras e amigáveis. Os responsáveis podem iniciar esse processo abrindo para seus filhos parte de suas particularidades e individualidades, estimulando-os a fazerem o mesmo, deixando explícito nas conversas o amor que sentem e a disponibilidade que tem para conversar com os eles. É importante que os responsáveis tenham uma relação de confiança e respeito com as crianças, uma vez que é através desse bom relacionamento que os filhos poderão amadurecer e viver em harmonia com os pais. Afinal, é por meio da conversa que os laços entre os familiares se estreitam.

Conclusão

Pais e filhos são complementos um do outro na esfera familiar. Se o convívio for de respeito regado com sinceridade, reinará harmonia no lar. Filhos devem ouvir os conselhos dos pais, pois eles só querem nosso bem, nenhum pai, e/ou, mãe vai falar para o mal do filho (a). É claro que existem excessos, mas a Bíblia nos recomenda a honrar (respeitar) os pais, filhos que assim fazem, certamente serão prósperos e felizes.

Fontes Consultadas:

• Bíblia de Estudo de Aplicação Pessoal – Editora CPAD – edição 2003

• Bíblia de Estudo Plenitude – SBB/1995 – Barueri/SP

• Bíblia de Estudo Pentecostal – Editora CPAD – Edição 2002.

• Bíblia Shedd – Editora Mundo Cristão – 2ª Edição

• Bíblia de Estudo da Mulher – Editora Mundo Cristão/SBB – Edição 2003

• Dicionário Vine – Editora CPAD – 3ª Edição 2003

• Richards – Lawrence O. – Guia do leitor da Bíblia – Editora CPAD – 8[ Edição/2009

Colaboração para Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva

Copyright © 2003 - 2018 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.